Google+


Município já vem atuando no combate ao Coronavírus de acordo com decisões da Justiça
Fluxos, protocolos e atualizações são rotina no combate a COVID-19 em Blumenau.

Foto: Eraldo Schnaider

A Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Promoção da Saúde de Blumenau, está trabalhando na disponibilização de todos os documentos solicitados pelo Poder Judiciário local, na data de 10 de maio de 2020. A compilação dos documentos comprobatórios do cumprimento das indicações e determinações do Judiciário - Comarca de Blumenau - será apresentada no prazo estabelecido, previsto para esta quarta-feira, dia 13 de maio, dois dias após o recebimento da intimação.

Com a reunião deste material será possível  demonstrar que o município já vem tomando as medidas para implementar, adequar, atualizar, uniformizar e prestar um serviço de saúde transparente, de qualidade e visando o melhor atendimento para a população de Blumenau no combate ao Coronavírus.

Na lista abaixo é possível conferir as ações já realizadas pelo Município e que atendem às determinações da Justiça.

 

1. Implantação de Plano de Contingência para Enfrentamento à Covid-19:

Com base nos planos do Ministério da Saúde e do Governo do Estado de Santa Catarina, desde o dia 15 de março Blumenau, por meio do envolvimento das diretorias da Secretaria de Promoção da Saúde, trabalha constantemente na elaboração e atualização do seu plano de contingência para o enfrentamento do Coronavírus e este material é utilizado como guia para tomada de decisão e em nível gerencial.

 

2 . O Plano deve incluir, ainda:

aProtocolo de atendimento com fluxograma:

Os protocolos para  manejo de pacientes com suspeita ou com diagnóstico de Covid-19 em Blumenau seguem aqueles indicados no manual do PROTOCOLO DE MANEJO CLÍNICO DO CORONAVÍRUS (COVID-19) NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE e suas versões - atualmente sendo utilizada a versão 8, disponível não apenas em pasta pública de documentos da rede interna da Prefeitura Municipal de Blumenau / Semus para consulta, como também no endereço https://coronavirus.saude.gov.br/manejo-clinico-e-tratamento ou ainda https://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2020/April/22/20200422-ProtocoloManejo-ver08.pdf.

O mesmo arquivo foi enviado por e-mail institucional das unidades de saúde do município a fim de que todos os servidores profissionais de saúde tivessem acesso ao documento e às práticas atualizadas para tal atendimento.

Além de protocolo de atendimento, diversos outros fluxogramas e processos foram desenvolvidos para que fosse viável executar serviços como o teste para o Coronavírus no município, de forma a que estes procedimentos estivessem adequados ao modo de funcionamento das estruturas já existentes no município, como por exemplo o formato de registro no sistema Pronto, que é o utilizado para o gerenciamento da saúde nas unidades de Blumenau.

b. Criação de grupo gestor formado por profissionais de saúde: 

Em  26 de março foi criada, por meio da portaria 552/2020 – Gabisemus, publicada no Diário Oficial dos Municípios de Santa catarina (DOM) no dia seguinte, a Comissão de Enfrentamento ao novo Coronavírus, mesmo sem nenhuma normativa de esferas superiores de instituições de Saúde que determinasse tal ação. A comissão é multiprofissional com a participação de servidores atuantes na área da saúde. Ainda, há outro grupo multiprofissional e intersetorial, com especialistas em áreas de gestão, estatísticas, de saúde, epidemiologia (em cooperação com a Universidade Regional de Blumenau e Unimed Blumenau), atuando constantemente com informações relacionadas aos números da pandemia, que trabalham na composição das projeções na cidade. É com base neste trabalho conjunto que são elaborados os cenários de monitoramento da evolução do contágio da doença em Blumenau, necessários para análise da situação, planejamento e tomada de decisões pelo prefeito e secretários envolvidos, para posterior operacionalização dessas medidas pelas diversas secretarias e equipes envolvidas no enfrentamento do Coronavírus, que vem acontecendo desde meados de março. Esta segunda comissão inclusive já foi apresentada publicamente e participou de vídeo transmitido pela Prefeitura de Blumenau em suas redes sociais virtuais, explicando modelos e formatos de trabalho.

 

3. Adequar o serviço “Alô Saúde Blumenau”:

A disponibilização de serviço interativo, por meio de telefone ou ferramentas e aplicativos online, chamado de “Alô Saúde Blumenau”, ocorreu como uma das primeiras ações da Prefeitura de Blumenau para esclarecimento de dúvidas da população sobre o novo coronavírus, bem como para encaminhamentos clínicos conforme avaliação, evitando o deslocamento não orientado de pacientes aos serviços de Saúde. Com o uso de serviço de Inteligência Artificial, por meio da  plataforma Whatsapp, uma das formas de acesso da população a esta ferramenta disponibilizada tanto para dirimir dúvidas quanto para, se houver relato de possíveis sintomas clínicos não excludentes, encaminhamento para um chat on line. Neste, o usuário tem a possibilidade de seguir sendo orientado virtualmente por profissional médico da rede municipal de saúde. 

Para a implementação desses serviços, com funcionamento previsto em portarias federais e normativa do Conselho Federal de Medicina (CFM), que discorrem sobre o tema durante a pandemia, o embasamento teórico orientativo foi referenciado nos protocolos e processos já disseminados por órgãos reguladores de saúde, como OMS, Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde, em que relatam os sintomas a serem considerados, por exemplo, como na página 4, da Versão 8, do Protocolo de Manejo Clínico do Coronavírus (COVID-19) na Atenção Primária em Saúde, disponível em https://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2020/April/22/20200422-ProtocoloManejo-ver08.pdf

 

4. Revisão e atualização periódica do plano e protocolos de atendimento:

As revisões já são realizadas pelos serviços de saúde, principalmente aqueles inseridos no âmbito das diretorias de Vigilância e Atenção em Saúde, para que as informações mais atualizadas disponibilizadas pelas autoridades em saúde sejam disseminadas e corretamente aplicadas no atendimento de âmbito municipal da atenção básica. 

Tais atualizações podem ser verificadas tanto nos formato de correio eletrônico, constantemente enviado aos serviços de saúde ligados a Secretaria de Promoção da Saúde, bem como pela disponibilização dos materiais brutos no site do Ministério da Saúde (https://coronavirus.saude.gov.br/boletins-epidemiologicos e também neste endereçe https://coronavirus.saude.gov.br/manejo-clinico-e-tratamento), onde a primeira versão de fluxos, orientações e procedimentos data de janeiro de 2020.

No âmbito estadual, as normativas e notas técnicas desenvolvidas pelas equipes da Secretaria de Estado da Saúde também são acompanhadas, implementadas e difundidas entre a rede de profissionais de saúde, além de serem adequadas à realidade local, quando necessário. Todas elas podem ser acessadas em https://www.saude.sc.gov.br/coronavirus/notas_tecnicas_acordeon.html ou ainda mais específicas para uso de profisionais de saúde no endereço on line: https://www.saude.sc.gov.br/coronavirus/profissionais_saude.html

 

A Prefeitura e a Secretaria também estão à disposição tanto da Defensoria Pública, quanto do Judiciário e demais órgãos fiscalizatórios para que estes visitem as unidades de atendimento relacionadas ao atendimento da Covid-19 e acompanhem as atividades dos profissionais de saúde e o atendimento à comunidade, seguindo todos os procedimentos de segurança, como o uso de máscaras e a manutenção do distanciamento mínimo.



postada em 11/05/2020 18:57 - 1996 visualizações



Fotos
  • Foto: Eraldo Schnaider