Google+


Professora da rede municipal está entre os finalistas do Prêmio Educador Nota 10
Michelli Marchi Oss-Emer trabalha língua portuguesa com os anos finais do Ensino Fundamental.

A professora de português dos anos finais da EBM Paulina Wagner e mestranda do Mestrado Profissional em Letras da UFSC, Michelli Marchi Oss-Emer, é uma das 50 finalistas do Prêmio Educador Nota 10, uma das mais importantes premiações da educação básica brasileira. O projeto finalista é “O podcast na sala de aula: oralidade, escrita e tecnologia, aplicado com os alunos do oitavo ano da Escola. O objetivo do projeto era auxiliar os alunos na exposição das ideias, dominação da fala, além de aumentar a segurança dos adolescentes.

A professora escolheu a gravação digital, no formato de podcast para trabalhar a oralidade dos alunos. “Percebi que uma das questões que mais incomodavam os alunos era a dificuldade de falar em público. Apesar de terem ótimas ideias, nos momentos de discussão em sala de aula, era muito difícil fazer com que falassem. Havia muita resistência, geralmente os mesmos dois ou três alunos falavam e os outros, sempre calados. Então pensei que eu precisava explorar mais e melhor a questão da oralidade”, explica a professora.

Por se tratar de um formato novo tanto para a professora quanto para os alunos, Michelli precisou estudar sobre a ferramenta. A turma também desenvolveu diversas atividades para entender e se aprofundar no assunto. “Dentre as atividades, elaborei roteiros de escuta, onde os alunos ouviam episódios e faziam anotações sobre o tom de voz, o vocabulário e outras questões relacionadas à fala dos apresentadores”. Michelli inseriu ainda exercícios de entonação, ritmo de fala, efeitos de informalidade e formalidade. As etapas de escrita contaram com momentos de pesquisa, planejamento e revisão.

Foram várias atividades de audição de podcasts e exercícios de treino de fala com os alunos até chegar na produção, edição e publicação dos episódios disponíveis no canal da Escola, PW Cast, que pode ser ouvido em plataformas como Spotify, Apple Podcats e Deezer. O resultado do projeto, foi percebido, também, na mudança de comportamento de toda a turma nos momentos de fala em sala de aula, que passaram a ser mais organizadas e com respeito a vez dos colegas.

“Nossa rede é repleta de bons exemplos e profissionais excelentes, porém, ter uma professora municipal com destaque nacional é o reforço do nosso comprometimento com o aprendizado dos mais de 33 mil alunos da Rede Municipal”, destaca a Secretaria de Educação, Patricia Lueders.

Prêmio Educador Nota 10

O Prêmio Educador Nota 10 foi criado em 1998 pela Fundação Victor Civita que, desde 2014, promove a premiação em parceria com a Abril, Globo e Fundação Roberto Marinho. O projeto reconhece e valoriza professores da Educação Infantil ao Ensino Médio e também coordenadores pedagógicos e gestores escolares de escolas públicas e privadas de todo o país.

Os projetos inscritos foram selecionados obedecendo os critérios como as evidências de aprendizagem que estão claramente demonstradas e comprovadas pela análise do material encaminhado; o projeto pode ser desenvolvido em outros contextos educacionais; a equidade e a inclusão são, de fato, garantidas nas ações realizadas; as metodologias utilizadas são coerentes com o conhecimento mais atualizado na área em que o projeto foi inscrito; as propostas são ajustadas ao público para o qual se destinam e contribuem, de algum modo, para a formação prevista na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

 

Assessora de cominicação: Rafaella Fernandes



postada em 14/07/2020 15:47 - 655 visualizações



Fotos