Google+


Rogério Negrão reinventa Joinville em "Cidade Fabricada"
Exposição começa no dia 9 de novembro no MAB e reúne trabalhos de colagem digital com paisagens ficcionais e ambientes urbanos distópicos.

O artista visual Rogério Negrão inaugura no dia 9 de novembro, no Museu de Arte de Blumenau (MAB), a exposição Cidade Fabricada que reúne trabalhos de colagem digital com paisagens ficcionais e ambientes urbanos distópicos, criados pela manipulação de fotografias e outras imagens técnicas. Com curadoria de Gleber Pieniz, a mostra faz parte da quinta temporada de exposições do ano e pode ser visitada gratuitamente até o dia 31 de janeiro, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h. Visitas mediadas podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176. A entrada é gratuita e a classificação indicativa de idade é livre.

A programação da noite começa às 19h com a tradicional conversa com artistas expositores e curadores. A festa terá lançamento de livro e apresentação musical.

Em Cidade Fabricada, Rogério Negrão propõe um exercício de reflexão entre o passado e o futuro tendo a cidade de Joinville como objeto, ambiente historicamente construído por ideias e processos materiais, mas também fabricado por tradições, falácias e crenças em sensos comuns que não se confirmam senão como lendas. A exposição apresenta 20 colagens digitais e um objeto tridimensional como produtos de uma indústria mental puramente fantasiosa que se vale de fotografias, desenhos técnicos, registros de patentes, plantas baixas, mapas e outras imagens documentais manipuladas para forjar paisagens tão familiares quanto irreais e estimular simultaneamente a noção de pertencimento à cidade, mas também a reflexão sobre um lugar estranho mesmo aos seus habitantes.

O projeto foi contemplado pelo Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura de Joinville e fez a estreia no Instituto Internacional Juarez Machado entre dezembro de 2022 e março de 2023. Embora seja produzida originalmente a partir de imagens e ideias relacionadas a Joinville, a exposição propõe questionamentos que podem ser feitos sem ressalvas às características objetivas e subjetivas de quaisquer outras cidades do mundo.

 

Saiba mais

 

Abertura da 5ª Temporada de Exposições no MAB

Data: quinta-feira, 9 de novembro

Horários:

19h: conversa artistas expositores e curadores

20h: abertura da 5ª Temporada de Exposições do MAB, lançamento de livro e apresentação musical

Visitas: até 31 de janeiro de 2024, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h

Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176

Classificação indicativa de idade: Livre

Entrada gratuita

 

Sobre o artista

Rogério Negrão (Tejupá/SP, 1962) é artista visual e designer de produtos. Desde 2006 trabalha com desenhos, vídeos, fotografias, instalações sonoras, colagens digitais e objetos interativos. Participou de mais de 20 exposições em Joinville (Coletiva de Artistas, Salão dos Novos, Artecidade e Out[art]), em Blumenau (Salão Elke Hering), em Chapecó (Panorama), em Florianópolis (Desterro desaterro, MASC 70 anos) e de duas edições do projeto Pretexto do Sesc em Joinville e em Jaraguá do Sul. Entre suas exposições individuais destacam-se Fronteiras (2009), Agoras (2011) e Máquinas do abismo (2016-2017, em Joinville, Chapecó e Florianópolis).

 

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello



postada em 30/10/2023 14:32 - 630 visualizações



Fotos
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC