Google+


Denise Schlickmann traz para Blumenau a exposição Horizontes
Artista jaraguaense radicada em Joinville estará na cidade com mais de 30 pinturas em tela e trabalhos de técnica mista.

A artista visual Denise Schlickmann inaugura no dia 7 de março, na Sala Alberto Luz, a exposição Horizontes. Como parte integrante da primeira temporada de exposições de 2024 do Museu de Arte de Blumenau (MAB), a mostra apresenta mais de 30 pinturas em tela e trabalhos de técnica mista, costuras e colagens em diferentes dimensões, imagens cujo tema principal – a paisagem – resulta tanto da figuração do espaço quanto da abstração da forma. Com a curadoria de Gleber Pieniz, Horizontes pode ser visitada gratuitamente até 21 de abril. A entrada é gratuita e a classificação etária é livre.

Em Horizontes, Denise Schlickmann apresenta uma coleção de pinturas produzidas nos últimos cinco anos. A mostra é composta de trabalhos onde as cores, as costuras e as texturas de diferentes materiais constroem paisagens pouco convencionais, tão exuberantes quanto provocativas. Análogas ao próprio horizonte, estas imagens parecem ora presentes, ora longínquas, complexas como conceito e inalcançáveis como um lugar que se situa sempre mais além.

Ao apresentar a paisagem e, especificamente, o horizonte como uma imagem passível de apreciação, de crítica e de reconstrução, a artista propõe que mesmo signos banais possam tornar-se ponto de partida para reflexões mais profundas sobre a arte e a vida. “Nesse contexto, a exposição chama a atenção para a maneira como cada espectador visualiza, interpreta, sente e se apropria artisticamente de imagens comuns a toda a comunidade, sugerindo novas relações práticas, simbólicas e éticas”, salienta o curador Gleber Pieniz.

Trajetória

Denise nasceu em Jaraguá do Sul, em 1966. É uma das artistas visuais mais atuantes de Joinville e professora de arte responsável pela formação de novos artistas no cenário regional. Sua formação técnica e poética começa no início dos anos 1980 no ateliê de Clemência de Miranda Coutinho e na Escola Fritz Alt da Casa da Cultura (onde estuda desenho, modelagem em cerâmica e história da arte) e continua regularmente por mais de três décadas com cursos de desenho, composição e pintura, museologia, curadoria, modelagem em cerâmica, forja e solda, além de oficinas de livro de artista, gravura, teoria da cor e anatomia.

Seu currículo assinala mais de 20 exposições desde 2014, com destaque para as individuais Horizontes (2021), Ícones (2014-2019) e O artista e seu olhar pela cidade (2015-2016) e para as coletivas Arte em processo (2021), Pintura+ e O que não deve ser dito (2019), Memórias de moças bem-comportadas (2018), Nacasa Coletivo Artístico e Pequenas impressões (2017). Desde 2012 mantém seu ateliê aberto para a mentoria em pintura e para a orientação de alunos no regime de ateliê livre.

Serviço:

Abertura da 1ª. Temporada de Exposições no MAB
Data: quinta-feira, 7 de março
19h: conversa com os artistas expositores
20h: abertura da 1ª Temporada de Exposições do MAB, declamação de poema e apresentação musical
Visitas: até 21 de abril, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Classificação indicativa de idade: Livre
Entrada gratuita      

O que ver:

Sala Roy Kellermann
MAB & MAJ em diálogo: Elke Hering e Doraci Girrulat
Galeria Municipal de Arte/Sala Alberto Luz
Horizontes, da artista Denise Schlickmann, com curadoria de Gleber Pieniz
Sala Elke Hering
Utopias Ósseas, de Pedro Gottardi
Galeria do Papel
Ausência..., de Mirna Oliveira com curadoria de Edilson Viriato

 

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello



postada em 27/02/2024 17:45 - 1327 visualizações



Fotos
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação