Google+


URB supera problemas e apresenta resultados positivos
Ao completar 44 anos, a Urbanizadora de Blumenau demonstra viver novos tempos.

A Companhia de Urbanização de Blumenau (URB) completou 44 anos de existência esta semana. Ao longo dos anos, a empresa passou por diversas fases. A atual é considerada uma das que mais apresenta crescimento, tanto em âmbito interno quanto externo. Desde 2013, a URB trabalha continuamente para oferecer melhores condições de trabalho e equipamentos para seus colaboradores. O setor administrativo encontrou grande desafio no que diz respeito à saúde financeira da Companhia. Não mediu esforços para recuperá-la e conseguir mantê-la estável. O foco de todas as suas equipes esteve, e assim permanece, nos resultados.

Emerson Vieira, presidente da URB desde junho de 2013, sempre deixa claro que o patrimônio humano da Companhia é seu bem mais valioso. Trabalhando com essa diretriz, uma de suas primeiras ações foi a alteração do meio de transporte dos profissionais de roçada e limpeza até seus locais de trabalho. Os "caminhões casinha", veículos que continham espécie de cobertura improvisada em sua carroceria, foram substituídos por sete ônibus. "O trabalho das nossas equipes é itinerante. Precisamos levá-los a estes locais de forma adequada e segura", explica o presidente. Os ônibus contêm assentos próprios para transporte de pessoas, banheiro e mesa para refeições, proporcionando mais conforto e dignidade ao trabalhador.

Aumento de produtividade

Outro investimento feito para as equipes operacionais foi a compra de equipamentos que potencializam sua força e capacidade de serviço. A URB investiu em torno em R$ 300 mil em compactadores, roçadeiras costais, cortadores de grama, redes de proteção e rompedores. Os resultados quantitativos em favor da comunidade impressionam. "Em novembro de 2012 realizamos 500 mil m² de roçada. Neste mesmo mês de 2014, chegamos à marca de 1,143 milhão m²", aponta Emerson. Além disso, a inteligência desse departamento melhorou a logística de trabalho de suas equipes. Agora existem grupos menores de pessoas e, consequentemente, mais grupos realizando trabalhos de manutenção urbana.

Assim como a URB investiu em equipamentos, se preocupou também com a remuneração das equipes operacionais. O sistema de meritocracia passou a funcionar. Segundo Adeodato Cesar Ferreira, supervisor de obras civis e colaborador da URB há 23 anos, "agora quem trabalha de verdade e mostra que merece, ganha". O presidente da URB esclarece: "Reformamos nosso patrimônio humano. Extinguimos 330 cargos. Deixamos claro que quem está conosco tem que trabalhar para ser valorizado". Todas essas mudanças resultam na elevação da moral dos trabalhadores e no restauro de seu orgulho pela Companhia. Em pesquisa feita com 156 profissionais de roçada e limpeza, 91% disseram que suas condições de trabalho melhoraram muito e 100% afirmaram que gostam de trabalhar para a Urbanizadora.

Saúde financeira

Quando a atual gestão municipal começou a atuar, encontrou uma situação financeira precária na Urbanizadora. A dívida da instituição ultrapassava R$ 28milhões. Apenas a dívida tributária chegava ao valor de R$ 24milhões. O cenário era preocupante e colocava em risco e existência da URB e o emprego dos, na época, aproximadamente 800 colaboradores. Emerson e sua equipe tiveram que montar estratégias eficazes para recuperar a saúde financeira da Companhia, garantir sua existência e prepará-la para crescer e prosperar. "O primeiro passo foi cortar cargos inativos e funcionários ineficientes. Apenas com essa medida, já conseguimos sanar as dívidas com fornecedores", conta o presidente.

Já a dívida tributária precisou de muita negociação. Segundo a direção da URB, foi preciso negociar e solicitar parcelamento. Não havia recursos financeiros para pagar a pendência fiscal, mas era preciso reservar recursos para honrar impostos atuais demais despesas, lembra o presidente Emerson Vieira. A dívida foi negociada com as três esferas governamentais, a municipal, a estadual e a federal e parcelada em 180 meses. Desde o início de 2014, os R$ 24 milhões estão sendo pagos em parcelas mensais de R$ 167 mil. O pagamento da pendência passada e dos impostos atuais reabilita a URB a participar de licitações. "O potencial da URB é imensurável. Temos força, em todos os sentidos, para atender Blumenau e até outros municípios", afirma o presidente. A empresa de economia mista está pronta para novos desafios em direção ao crescimento e à excelência na qualidade dos serviços que presta.


Assessora de Comunicação: Ana Matesco

 

 



postada em 27/03/2015 15:37 - 1722 visualizações



Fotos
  • Foto: Ana Matesco
  • Foto: Ana Matesco
  • Foto: Ana Matesco