Google+


Prefeitura de Blumenau decreta luto oficial pela morte de ex-Governador Colombo Salles
Ex-político governou Santa Catarina entre 1971 e 75 e foi responsável por várias obras

Foto: Solon Soares / AgênciaAL

O prefeito Mário Hildebrandt decretou luto oficial em Blumenau pela morte do ex-governador de Santa Catarina, Colombo Salles. Ele faleceu nesta terça-feira, dia 14, em Florianópolis, tinha 92 anos e deixa esposa e três filhos.

“O papel de Colombo Salles no desenvolvimento de nosso Estado é muito importante. Ele deixa um legado de trabalho e retidão que será lembrado por toda a história. Que Deus o receba e conforte a família nesse momento tão difícil”, disse Hildebrandt.

Natural de Laguna, Colombo Salles assumiu como governador em 1971, permanecendo no cargo até 1975. O principal motivo de ter sido indicado pelo então presidente Emílio Médici foi o perfil técnico, já que era engenheiro de formação.

Entre as principais ações do ex-governador estão a criação da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) e da Defesa Civil de Santa Catarina, além da construção de mais de 500 quilômetros de estrada, aumento do número de telefones e a ponte que liga o continente à Ilha de Florianópolis e que hoje leva o nome dele. Era governador também na época da construção do Mausoléu Doutor Blumenau.

Após deixar o cargo, Salles voltou a lecionar Engenharia na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde ficou até se aposentar em 1992.

O decreto de luto do município é de sete dias e passa a valer na terça-feira, dia 14.



postada em 15/11/2023 11:32 - 483 visualizações



Fotos
  • Foto: Solon Soares / AgênciaAL