Google+


Prefeitura de Blumenau realiza entrega da Central de Controle Operacional nesta terça-feira, dia 26
Sistema pioneiro une tecnologia e inovação para melhorar a vida dos blumenauenses

Foto: Marcelo Martins

A Prefeitura de Blumenau apresenta nesta terça-feira, dia 26, o novo sistema de monitoramento compartilhado da Central de Controle Operacional (CCO). A entrega acontece às 10h, na estrutura montada no primeiro andar da Prefeitura de Blumenau e que conta com o envolvimento das Secretarias de Trânsito e Transportes (Seterb), de Planejamento Urbano (Seplan), Gestão Governamental ( Segg) e Defesa Civil (Sedeci). 

O prefeito Mário Hildebrandt e a vice-prefeita Maria Regina Soar receberão a imprensa na CCO para demonstrar como o trabalho das equipes está sendo realizado. O objetivo é aumentar a segurança dos usuários nas vias públicas e qualificar a mobilidade urbana com utilização da totalidade das funcionalidades da CCO. 

 “Ao envolver essas secretarias no trabalho dentro da CCO estamos colocando em prática o conceito de Cidades Inteligentes. Construindo uma cidade com mais mobilidade para nosso motorista, nosso pedestre, nosso ciclista e, principalmente, garantindo a segurança. Nossa missão é promover cada vez mais qualidade de vida para os blumenauenses”, afirma o prefeito Mário Hildebrandt. 

O secretário da Seterb, Alexandro Fernandes, explica que a base de comunicação e os dados apurados por todos os sistemas dentro da CCO auxiliam nas decisões gerenciais e/ou operacionais. “Com a tecnologia utilizada na Central pelos profissionais conseguimos atuar em pontos com índices elevados de acidentes, locais de grande fluxo ou congestionamento, entradas e saídas de anéis viários, entre outros locais. Assim, otimizamos as operações e os serviços prestados para a comunidade”.

Presente no processo desde a concepção da CCO, a Secretaria de Planejamento Urbano (Seplan), acompanhou a estruturação do local, conforme preconizava o Plano de Mobilidade Urbana, que acabou pautando diversas ações estratégicas ao município, visando à melhoria da mobilidade e acessibilidade, com foco na segurança do trânsito. Hoje, a equipe técnica da Diretoria de Mobilidade Urbana (DMU) tem atuado diariamente em conjunto com a Seterb, buscando otimizar e solucionar questões do cotidiano. “Temos uma ferramenta magnífica em nossas mãos, que nos permite ampliar o campo de visão sobre o que acontece em tempo real no trânsito. E a partir deste monitoramento nossa equipe técnica consegue ajustar frações de segundos de tempos semafóricos, desviar ou buscar alternativas ao fluxo, de modo que a fluidez das vias públicas não seja afetada por acidentes, ou qualquer outro imprevisto”, reforça o secretário da pasta, Éder Boron. 

Foram investidos cerca de R$ 14 milhões pelo Plano de Mobilidade Sustentável, com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).



postada em 25/10/2021 17:15 - 512 visualizações



Fotos
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins