Google+


Fiscalização com radares já conta com cones identificados da GMT
Dispositivos começaram a ser utilizados pela Guarda de Trânsito nesta terça-feira, dia 13.

Foto: Michele Lamin

Nesta sexta-feira, dia 16, entra em vigor a nova portaria do Seterb que dispõe sobre os requisitos técnicos mínimos para a fiscalização da velocidade dos veículos por meio dos radares portáteis no perímetro urbano do município. No entanto, nesta terça-feira, dia 13, já começaram a ser utilizados os cones identificados com a sigla GMT nas operações com radares.

O uso dos cones e a identificação deles com a sigla GMT estão entre as principais alterações da nova portaria. Os cones deverão ficar posicionados a uma distância mínima de 20 metros do equipamento medidor de velocidade, com a utilização dispensada em algumas ocasiões, como: quando promover diminuição da segurança viária; confundir o fluxo de veículos ou se no local houver dispositivos temporários para serviço de situação de emergência.

Mais mudanças ocasionadas pela portaria
Outra alteração refere-se à divulgação das ruas submetidas à fiscalização de velocidade por meio de listagem semanal no site da Prefeitura de Blumenau, como já vem ocorrendo, porém com a inclusão do período do dia em que ela será realizada.

Além disso, os agentes de trânsito que farão a fiscalização de velocidade deverão estar devidamente uniformizados e em local em que a operação possua visibilidade para os condutores de veículos e contemple as condições mínimas para a segurança deles, dos pedestres, ciclistas, motoristas e motociclistas. O uso do equipamento em passarelas ficou vedado e a utilização do radar sobre o tripé somente nos casos onde a segurança dos operadores da fiscalização seja comprometida, ou nos períodos de pausa laboral.

A atualização da portaria tem como objetivo tornar o processo de fiscalização mais transparente e incentivar o condutor a respeitar os limites de velocidade das vias. O documento não é uma obrigatoriedade prevista em resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), mas a autarquia estabeleceu novos procedimentos para que as pessoas tenham ainda mais conhecimento antecipado sobre onde e quando a fiscalização ocorrerá.

 

Assessora de comunicação: Juliana Damian Silva



postada em 13/03/2018 14:08 - 544 visualizações



Fotos
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin