Google+


Entenda como será a operação do novo Terminal Água Verde a partir da próxima semana
Com oito linhas de integração, a estrutura trará um acréscimo de 89 horários de ônibus para a população.

Uma semana após sua inauguração, o novo Terminal Água Verde inicia a operação em Blumenau no dia 2 de abril. A data escolhida foi o domingo, que é o dia da semana com o menor número de passageiros facilitando a familiarização da nova operação, tanto de usuários, quanto de fiscais e operadores com as plataformas de embarque e desembarque.

Com a operação o serviço terá um aumento de oferta de 89 viagens, contabilizando um aumento de 31,67% na disponibilidade do Transporte Coletivo em relação às linhas de integração com o novo terminal. Somente a linha 32, que será uma das interligadas ao terminal, terá um aumento de 73% nos horários disponíveis para a região.

Linhas que serão interligadas ao Terminal Água Verde a partir do dia 2 de abril:
- Troncal 32 - Terminal Velha: via Johann Ohf
- 300 - Terminal Velha: via Johann Ohf
- 320 - Terminal Velha: via Johann Ohf
- 308 - Terminal Velha/Bernardo Reiter: via Guilherme Poerner
- 704 - Terminal Proeb/Passo Manso: via Guilherme Poerner
- 901 - Terminal Proeb/Divinópolis: via Caçadores e Humberto de Campos
- 902 - Loteamento Primavera: via Guilherme Poerner
- 905 - Circular Leite Trevo (LINHA NOVA): via Loteamento Pamplona, Loteamento Vila Rica, Rua Água Branca, Rua Helma Treiss e Rua Arthur Mantau.

Além de melhorar o sistema de transporte público com mais opções, conexões e horários, o objetivo da nova estrutura é racionalizar ainda mais o sistema induzindo o surgimento dos chamados 'centros de bairro'. A estratégia visa descentralizar inclusive as opções de mobilidade urbana para que todos os pontos da cidade tenham opções de facilitação aos passageiros do transporte coletivo.

"Um dos focos importantes do nosso trabalho enquanto Prefeitura de Blumenau é justamente melhorar a vida da população nos bairros; oferecendo os serviços o mais próximo possível da casa das pessoas. É isso que fazemos quando implantamos estruturas como terminais urbanos, intendências e levamos obras e revitalizações para estas regiões, por exemplo" explica Mário Hildebrandt, prefeito de Blumenau.

Ao todo, o Terminal Água Verde terá cinco plataformas de embarque, uma plataforma de desembarque, oito linhas de integração e uma nova linha em operação; ampliando a configuração atual do serviço que atualmente conta com sete terminais urbanos de integração e 75 linhas, sendo: dez linhas troncais, duas interbairros e 63 alimentadoras. 

"O serviço de transporte coletivo de Blumenau é feito por uma empresa concessionária que atualmente tem 191 ônibus operando na cidade. Com o trabalho conjunto no pós-pandemia, já atingimos a média diária de 75 mil passageiros e seguimos trabalhando com o objetivo de fomentar o uso do serviço com diversas ações e investimentos nesse sistema que é indispensável para a população e para o município" contextualiza Lairto Leite, diretor de transportes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).

Quando em operação, o Terminal Água Verde permitirá a integração das linhas alimentadoras de boa parte das regiões dos bairros Velha, Passo Manso, Salto Weissbach, Rua Divinópolis e, claro, do bairro Água Verde.

"Essas regiões onde hoje existem linhas que se sobrepõem nas vias arteriais, tendo trajetos longos até os terminais Proeb e Velha, agora serão atendidas por linhas alimentadoras, específicas para cada região. É essa configuração que otimiza o serviço para o passageiro e cria novas possibilidades de deslocamento e acesso no transporte coletivo" afirma Alexandro Fernandes, secretário da SMTT.

Localizado na Rua General Osório, nº 4.013, no bairro Água Verde, o terminal integrado está preparado para receber cerca de 8 mil passageiros/dia.


Região de abrangência
O novo terminal atenderá toda a região próxima ao Complexo do Badenfurt, que apresenta constantemente o maior desafio do serviço público em Blumenau: o acompanhamento do rápido crescimento populacional. Um exemplo disso é o surgimento de grandes loteamentos como os loteamentos Pamplona e Vila Rica, que serão atendidos por linhas que antes não transitavam nas vias de proximidade.

Além destes, outros diversos grandes projetos residenciais têm implantação prevista naquela região, principalmente nas ruas Guilherme Poerner, Johann Hadlich e Bernardo Reiter, que também serão atendidas pelas linhas do terminal.

Além disso, pela sua localização estratégica, no futuro, o terminal permitirá a integração plena do serviço regular urbano municipal com o serviço de transporte intermunicipal de cidades vizinhas, como o município de Indaial. Essa proposta de integração metropolitana já é estudada pela Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (AMVE).

"É mais uma conquista da SMTT com benefícios diretos para a população: aumento na oferta de viagens, viagens mais rápidas com percursos menores e mais opções para o uso dos modais. Mas é importante lembrar que todo início de operação é novidade e por isso contamos com a paciência dos passageiros durante o período de adaptação. Afinal, o desconforto inicial é normal diante da mudança de linhas" finaliza Fernandes.

Vale lembrar também que o novo terminal será integrado aos terminais Velha, Proeb, Fonte, Aterro e Fortaleza; e que por isso estes também terão ajustes em algumas linhas, plataformas e itinerários. A partir do dia 29 de março a população pode conferir os horários e mudanças em suas linhas de uso diretamente no site e/ou aplicativo da Blumob

Veja abaixo como ficará a disposição das plataformas:

Assessoria de Comunicação: Eduarda Loregian

 

Saiba mais sobre esse assunto no PrefaBnu Play.



postada em 26/03/2023 14:00 - 4605 visualizações



Fotos