Google+


Blumenau emplaca dois paratletas no Mundial de Atletismo em Paris
Evento é considerado o mais importante antes das Paralimpíadas de 2024, também em Paris

Dois paratletas de Blumenau foram convocados para disputar o Mundial de Atletismo de Paris, que ocorre de 8 a 17 de julho deste ano. O anúncio das vagas foi na tarde desta quarta-feira, dia 31, em uma live transmitida pelas redes sociais do Comitê Paralímpico Brasileiro. Essa é considerada a competição mais importante do mundo na modalidade antes das Paralimpíadas 2024, que também serão em Paris.

O feito é ainda mais histórico porque Suzana Nahirnei, da classe F46, e José Alexandre Martins da Costa, da T47, são os primeiros blumenauenses convocados para disputar a competição. “É um orgulho enorme pra gente. São 12 anos de programa e, pela primeira vez, temos dois paraletas na elite do atletismo mundial. Temos certeza que eles vão representar muito bem nosso país”, disse a secretária de Inclusão da Pessoa com Deficiência e Paradesporto, Giselle Margot Chirolli.

Suzana vai disputar a prova do arremesso de peso e José Alexandre, conhecido também como Petruchinho, competirá nos 100m e 400m rasos. A convocação é um sinal de que os dois estão firmes e fortes na briga para serem também os primeiros blumenauenses a disputarem uma Paralimpíada. “A convocação nos deixa imensamente felizes, mas a vitória maior é vê-los vivendo e fazendo parte da sociedade, mesmo diante dos desafios que a deficiência impõem. A convocação é fruto de um trabalho que começa na escola, com o Programa Paradesporto, que tem como principal objetivo a inclusão. Tenho certeza que eles representarão muito bem a nossa cidade, nosso Estado e nosso Brasil”, declarou o prefeito Mário Hildebrandt.

O Mundial de Atletismo de Paris substitui a edição de 2021, que era pra ter ocorrido em Kobe (Japão), mas foi cancelada por conta da pandemia. A delegação brasileira terá 51 atletas e 11 atletas-guia. O atletismo é uma das modalidades mais vitoriosas do país. Na história dos Jogos Paralímpicos, o atletismo é a que obteve a maior quantidade de medalhas para o Brasil, com 170 pódios no total.



postada em 31/05/2023 16:13 - 1524 visualizações



Fotos
  • Foto: Ana Patrícia Almeida / CPB