Google+


Prefeitura de Blumenau entrega primeiros kits para empresas que farão testagem Covid-19 em colaboradores
Além das multinacionais Teka e Hemmer pelo menos outras três empresas já oficializaram interesse em aderir ao convênio.

Foto: Marcelo Martins

Na última segunda-feira, dia 24, duas empresas receberam orientação e os primeiros kits de testes antígenos para testagem de seus colaboradores contra Covid-19. A medida é uma ação da Prefeitura de Blumenau por meio da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) para ampliar o diagnóstico de Covid-19 na cidade. Até agora, cinco empresas multinacionais com sede em Blumenau demonstraram interesse em aderir ao convênio da Prefeitura de Blumenau. As empresas Teka e Hemmer, já estão fazendo as primeiras testagens em suas dependências.

Outras três empresas do segmento têxtil também já estão preparando a documentação necessária para aderir ao Decreto Municipal nº 13.623, seguindo a Portaria nº 845, que estabelece requisitos e condições para que empresas apliquem a testagem rápida fornecida pelo município em seus empregados ou trabalhadores. A intenção do município é descentralizar ainda mais os pontos de testagem de casos sintomáticos.

O prefeito Mário Hildebrandt ressalta a importância do trabalho em conjunto entre o poder público e iniciativa privada. “Nosso trabalho continua sendo para descentralizar os atendimentos. Estamos buscando alternativas para o diagnóstico dos casos de Covid-19 no município. Neste momento, o apoio da Associação Empresarial de Blumenau (ACIB) e do Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário de Blumenau (Sintex) está sendo fundamental para a operação que vai diminuir a demanda nas unidades de saúde da rede pública e privada da cidade”, afirma Hildebrandt.

Atualmente, para fazer testagem o paciente precisa ter no mínimo dois sintomas, há pelo menos 72h. O laudo do teste, bem como o atestado deverão seguir padrão disponibilizado pelo município. O documento deverá emitido pelo profissional de saúde cadastrado e habilitado para atendimento no local – este também deverá notificar a Vigilância Epidemiológica sobre os casos positivos.


Assessor de Comunicação: João Vitor Korc



postada em 25/01/2022 11:54 - 641 visualizações



Fotos
  • Foto: Marcelo Martins