Google+


Pessoas dos grupos prioritários têm até o fim de junho para tomar a vacina contra Influenza
Mais de 10 mil crianças ainda não foram conduzidas pelas famílias até uma sala de vacinação.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que terminaria nesta sexta-feira, dia 5, foi prorrogada pelo Ministério da Saúde (MS) até o dia 30 de junho. A ampliação do prazo é para as cidades que não atingiram a meta de vacinar, ao menos, 90% dos grupos prioritários, como é o caso de Blumenau.

Até o início desta semana, cerca de 80% da meta havia sido alcançada entre os grupos prioritários definidos pelo MS, que são, por exemplo, gestantes, crianças, puérperas, idosos, professores, profissionais de saúde, os adultos de 55 a 59. O número de pessoas imunizados na cidade é aproximadamente 65 mil, do total de 80.734 que compõe os públicos estabelecidos. Não contabilizam como grupos prioritários os caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo ou pessoas com deficiência.

A preocupação da Secretaria de Promoção da Saúde é maior com grupos como os das gestantes, puérperas e crianças entre seis meses a menores de seis anos, que ainda estão muito abaixo da meta. Entre as crianças, apenas 50% foram levadas pelos pais para tomar a vacina. O número é ainda menor entre as gestantes: das 3.301 previstas para tomarem a vacina contra Influenza, aproximadamente 40% estão protegidas; e das puérperas, 37,5%.

A estimativa total de público em Blumenau no início da campanha, prevista pelo MS, era de que 125.185 pessoas deveria se vacinar. Considerando aplicações das doses da vacina contra Influenza no município, na rede pública e privada, até o final da última semana havia um total de 93.874 pessoas vacinadas, sendo que mais de 81 mil foram feitas nas salas de vacina das unidades da Prefeitura. De acordo com o Ministério, as doses existentes nos municípios devem continuar sendo destinadas aos grupos prioritários.

Ampliação da vacinação

Na tentativa de ampliar a quantidade de pessoas protegidas contra o vírus Influenza, a Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) realizou ações como ter as salas de vacina abertas durante o dia 23 de maio, um sábado, além de manter até o dia 5 de junho os Ambulatórios Gerais (AGs) vacinado até as 20h, ao invés de até as 18h como ocorre normalmente.

Agendamento deve ser feito online

Para garantir o espaçamento entre um atendimento e outro e evitar aglomerações durante a pandemia da Covid-19, o agendamento on-line vem sendo realizado pela Semus desde o início da campanha de vacinação.

As agendas estão disponíveis para marcação, que pode ser feita acessando o aplicativo Pronto Mobile, pelo link disponibilizado no site da Prefeitura, ou ainda por contato telefônico com a unidade de saúde. O App pode ser baixado gratuitamente nas lojas Android e IOS.

Além dos sete AGs, outras 27 unidades de Estratégia Saúde da Família estão com horários disponíveis para marcação da vacina. A agenda das ESFs é reduzida, em relação aos AGs, conforme horário de funcionamento.

No momento da marcação on-line, o usuário deverá selecionar a qual grupo pertence e estar ciente da obrigação de apresentação de documento que comprove a situação. A Semus orienta ainda que as pessoas que forem até a unidade, tenham em mãos documento que comprove a condição para a vacinação, a carteira de vacinação e que esteja usando máscara.

 

Assessora de Comunicação: Marília Prado



postada em 03/06/2020 10:53 - 393 visualizações



Fotos