Google+


Dia de mobilização pelo fim da violência terá ação entre universitários
Ação de divulgação será realizada na comunidade acadêmica da Furb no dia 24.

A próxima terça-feira, dia 24, é o Dia Estadual de Mobilização pelo Fim da Violência e Exploração Sexual Infantojuvenil, e o Comitê da Rede de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência Sexual, Doméstica, Familiar ou Institucional de Blumenau fará uma ação de mobilização, a fim de sensibilizar a sociedade no enfrentamento às situações de violências. As atividades envolvem informação e distribuição de material informativo e serão realizadas das 8h às 12h e das 18h às 21h, com a comunidade acadêmica da Furb.

Em Blumenau, o Comitê de Blumenau tem a participação das Secretarias de Saúde, Educação, Desenvolvimento Social; Polícias Civil e Militar; Conselhos Tutelares; Ministério Público; CMDCA, CRE, ONGs, dentre outras instituições. Será realizada distribuição de materiais informativos relativos às violências, bem como canais de denúncias e divulgação da Rede.

De acordo com a Coordenadora do Comitê e assistente social, Teresinha Nogueira, os dados da violência são cada vez mais preocupantes e a sociedade precisa prestar atenção nessa situação. “Nossa intenção não é só de sensibilizar as pessoas, mas também de articular integrantes de toda rede de proteção e atenção no enfrentamento ao abuso sexual intra e extrafamiliar e da exploração sexual e comercial de crianças e adolescentes”, explicou.

Entre 2011 a 2017 foram notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN/MS) 184.524 casos de violência sexual no país, sendo mais de 30% envolvendo crianças e 45%, adolescentes. Em Blumenau, de acordo com a mesma fonte, foram 112 casos notificados que envolviam crianças e adolescentes entre zero e 19 anos, no ano de 2018. Até agosto deste ano, já são 78 registros.

Dentre as notificações de violência sexual contra crianças do sexo feminino, 51,9% das vítimas estavam tinham entre um e cinco anos e 42,9% na faixa etária de seis e nove anos. Entre adolescentes do sexo feminino vítimas de violência, 67,1% tinham entre 10 e 14 anos. Quando as notificações envolvem crianças do sexo masculino, 48,9% estavam na faixa etária entre um e cinco anos e 48,3% entre seis e nove anos.

Como denunciar
O Disque 100 ou Disque Direitos Humanos é um serviço gratuito do governo federal que recebe, analisa e encaminha denúncias de violações de direitos humanos relacionados a diversos temas. O serviço funciona diariamente, 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados.

Serviços públicos oferecidos em Blumenau

  • SAVS – Serviço de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência Sexual
  • Unidades Básicas e de Referência de Saúde
  • Hospitais
  • CRAS – Centro de Referencia de Assistência Social
  • CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social
  • Serviços de Acolhimento Institucional
  • Conselhos Tutelares
  • Segurança Pública e Judiciário
  • Unidades de Ensino

Assessora de Comunicação: Marília Prado



postada em 20/09/2019 11:07 - 303 visualizações