Google+


Atendimento do CRIE completa um ano de atividades em Blumenau
Município vai fazer busca ativa para identificar pacientes e encaminhar para o serviço interdisciplinar

No próximo dia 26 de agosto, o Centro Regional Interprofissional Especializado Pós-Covid (CRIE) completa um ano de funcionamento em Blumenau. A estrutura montada no Hospital Universitário da Furb está localizada na Rua Samuel Morse, nº 768, no bairro Fortaleza Alta e oferece suporte interdisciplinar para pacientes com sequelas causadas pela Covid-19 e seus familiares.

Apesar de o serviço estar disponível para moradores de Blumenau e Botuverá, cidades que compõem a Associação de Municípios do Vale Europeu (AMVE) e aderiram ao convênio, a procura pelo serviço é baixa. Neste primeiro ano, apenas 338 pessoas receberam acompanhamento, o que representa uma média de 25 novos pacientes por mês – porém, o serviço tem capacidade de atender 65 novos pacientes todos os meses, o que totalizaria mais de 700 pacientes por ano.

A prefeita de Blumenau em exercício, Maria Regina Soar visitou a estrutura e conversou com o professor e vice-reitor da Furb, João Gurgel. “O CRIE é referência para Santa Catarina e para o Brasil. Aqui, os pacientes contam com atendimento interdisciplinar direcionado às pessoas com sequelas pós-Covid-19”, afirma. A prefeita destaca a importância dos usuários buscarem informação nas unidades Estratégia Saúde da Família (ESF) e Ambulatórios Gerais da Família (AGF) para, em caso de necessidade, serem encaminhadas para o serviço.

No local, os pacientes contam com profissionais de enfermagem, psicologia, psiquiatria, nutrição, fisioterapia, educação física, farmácia, pneumonolgia, cardiologia, neurologia, entre outros, que seguem oferecendo atendimento mediante orientação ou avaliação de cada área.

O agendamento das consultas e exames é feito por meio do Sistema de Regulação, de acordo com o estabelecido na Política Nacional e Estadual de Regulação. A solicitação para acompanhamento deve ser feita na unidade de saúde de referência do paciente, morador de uma das cidades que integram o convênio. A prescrição de medicamentos também vai seguir a Política Nacional de Medicamentos, respeitando os limites da REMUME de cada município.

Dados científicos comprovam que de 10% a 20% das pessoas que tiveram Covid-19 sofrem com sequelas por conta da doença. A equipe do CRIE estima que em Blumenau um público entre 13 mil e 26 mil pessoas estejam aptas para receber tratamento que é ofertado por meio do SUS.

Nos próximos meses o município deve fortalecer ações de busca ativa por meio de capacitações das equipes de saúde feitas pela Escola Técnica do SUS, além de utilizar outros serviços como o Centro de Atenção Psicossocial Adulto (CAPS) para chegar até os pacientes.

*Critérios para encaminhamento*
- Ter mais de 18 anos
- Residentes em municípios subscritores do contrato de serviço
- Ter ingressado pelo serviço de regulação municipal
- Apresentar dois ou mais sintomas relacionados aos critérios de encaminhamento e que tenham iniciado ou permanecido após a fase aguda da Covid-19
- Apresentar demanda para no mínimo 3 terapias
- Aceitar atendimento com acadêmicos
- Concordar com os critérios de exclusão é alta do serviço

*Principais queixas dos usuários*
- Ansiedade
- Perda de memória
- Raciocino lento
- Dificuldade de concentração
- Déficit visual (vista embaçada)
- Cansaço e fraqueza
- Dor
- Cefaléia
- Alterações no olfato e paladar
- Insônia

Assessor de Comunicação: João Vitor Korc



postada em 17/08/2022 13:15 - 296 visualizações



Fotos