Google+


Políticas de Prevenção

▪ Política Nacional de Alimentação e Nutrição

A alimentação e a nutrição são requisitos básicos para a promoção e proteção da saúde, possibilitando o crescimento e o desenvolvimento humano com qualidade de vida e cidadania. Uma boa alimentação é sinônimo de uma vida saudável. Por ser um fator ligado diretamente à saúde das pessoas, o Ministério da Saúde tem o compromisso de zelar pela alimentação dos brasileiros e, para isso, é responsável pela Política Nacional de Alimentação e Nutrição.

Em Blumenau, a política é aplicada da seguinte maneira: as ações de nutrição estão inseridas nos grupos de reeducação alimentar, hipertensão e diabetes realizados nas unidades de Saúde do município, onde são trabalhados temas como alimentação saudável, alimentação na prevenção de patologias como diabetes, hipertensão, dislipidemia, câncer, entre outras. Também são realizadas avaliações nutricionais e educação nutricional em eventos da Secretaria de Saúde nas escolas, que participam do Programa de Saúde na Escola Mais Educação. 

Contato para informações
Adriana Stollmaier
Tel.: (47) 3381.6006
E-mail: nutricao.semus@blumenau.sc.gov.br
 

▪ Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher 

Objetivo

Promover qualidade de vida da população feminina, estimular as mulheres à co-responsabilidade no cuidado de sua saúde e ampliar conhecimentos sobre seus direitos na área da saúde, sexualidade e cuidados com o corpo. Em Blumenau, é desenvolvida por meio de ações de promoção, prevenção, tratamento e reabilitação. A Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher compreende: 

- Câncer do colo do útero e outras doenças do trato genital feminino;
- Câncer de Mama e doenças benignas da Mama;
- Pré-Natal (de baixo e alto-risco);
- Planejamento Familiar – Métodos contraceptivos temporários e definitivos;
- Assistência a pessoas em situação de violência sexual;
- Parcerias com outros programas: saúde da criança e do adolescente e saúde do idoso. 

As ações são realizadas com a execução de exames preventivos para o câncer do colo do útero, solicitação e realização da mamografia de rastreamento, realização de consultas do pré-natal, orientação de métodos contraceptivos, distribuição de preservativos femininos e masculinos, bem como orientações e encaminhamento para vasectomia e laqueadura. Para ser atendido, os interessados devem procurar a unidade de Saúde mais próxima de seu domicilio.
Clique AQUI para saber mais do programa. 

Contato para informações
Stela Maris Duarte
Tel.: (47) 3381.6030
E-mail.: saude.mulher@blumenau.sc.gov.br

▪ Política Nacional de Saúde da Criança e do Adolescente


Objetivo 

Desenvolver um conjunto de ações para atender crianças e adolescentes, considerando os fatores biológico e psicológico, bem como o meio social do paciente.

 

 

 

Ação Público Alvo  Local
Atendimento Primário (baixa complexidade):
Consultas/Acompanhamento
Crianças e Adolescentes Unidades de Saúde
Atendimento Secundário (Média Complexidade): 
Casos para especialistas (Ex: Dermatologista, Cardiologista, Neurologista)
Crianças e Adolescentes Policlínica Lindolfo Bell
Atendimento Terciário (Alta Complexidade):
Casos em que a criança/paciente necessita de internação hospitalar para tratamento ou cirurgia
Crianças de 0 a 11 anos
Adolescentes de 12 a 18 anos incompletos
Hospital Santo Antônio
Hospital Santa Isabel (alguns casos)
Hospital Santa Catarina (cirurgia cardíaca infanto-juvenil para crianças e jovens de 1 a 18 anos incompletos)
Atendimento Grupal (Cada unidade forma o grupo de acordo com o tema) Crianças e Adolescentes Unidades de Saúde

Contato para informações
Jaéte Panoch
Tel.: (47) 3381.6029
E-mail: equipetecnica@blumenau.sc.gov.br


▪ Política Nacional de Atenção Integral a Saúde do Adulto 

Hiperdia
O Hiperdia é um Sistema de Cadastramento e Acompanhamento de Hipertensos e Diabéticos identificados pelo Plano Nacional de Reorganização da Atenção à Hipertensão Arterial e ao Diabetes Mellitus, em todas as unidades ambulatoriais do Sistema Único de Saúde (SUS). Gera informações para os gerentes locais, gestores das secretarias municipais, estaduais e Ministério da Saúde. 

Além do cadastro, o Sistema permite o acompanhamento, a garantia do recebimento dos medicamentos prescritos e, a médio prazo, a definição do perfil epidemiológico da população atendida. Deste modo, permite estabelecer estratégias de saúde pública para melhorar a qualidade de vida dos pacientes e a redução do custo social provenientes de tratamentos nessa área para o País.

Hipertensão Arterial 
A Hipertensão Arterial é uma doença que não tem cura, mas tem controle e pode ser prevenida. É hipertenso todo indivíduo que apresenta valores de pressão iguais ou maiores que 140mmHg por 90 mmHg, determinados em mais de duas medições realizadas de forma correta com aparelho calibrado e profissional treinado.

Diabetes Mellitus 
Diabetes Mellitus é uma doença crônica de evolução lenta, causada por uma deficiência do organismo na produção de insulina pelo pâncreas, resultando na elevação do nível de açúcar no sangue (hiperglicemia). 

O Diabetes classifica-se em: tipo I (insulino-dependente), tipo II (não insulino-dependente), diabetes gestacional, entre outros.

Insulina
A insulina é um hormônio produzido por células especiais do pâncreas, sendo responsável pela manutenção do nível de açúcar no sangue (glicemia). 

No município de Blumenau, as pessoas com hipertensão ou diabetes são cadastradas e acompanhadas em suas unidades de saúde de referência. Recebem, gratuitamente, conforme a necessidade, medicamentos e materiais necessários para o tratamento.

Contato para informações
Thyara Becker
Tel.: (47) 3381.6040
E-mail: saudedoadulto@blumenau.sc.gov.br

▪ Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem

 Objetivo

Lançada em agosto de 2008, pelo Ministério da Saúde, esta política visa facilitar, ampliar e estimular o acesso da população masculina aos serviços de saúde para melhorar suas condições de saúde. 

A política prevê a necessidade de mudanças na mentalidade masculina em relação aos cuidados com a saúde pessoal e de sua família. Também estimula o serviço público a organizar-se para integrar e acolher a população masculina para fazê-la se sentir integrada e confortável ao sistema.

Dê atenção à sua saúde
- Adote uma alimentação saudável;
- Evite o fumo e bebidas alcoólicas;
- Pratique exercícios físicos;
- Procure a unidade básica de Saúde mais próxima pelo menos uma vez ao ano.

Contato para informações 
Thyara Becker
Tel.: (47) 3381.6040
E-mail: saudedohomen@blumenau.sc.gov.br

▪ Política Nacional da Saúde do Idoso


Estatuto do Idoso - Lei 10.741, de 1º de outubro de 2003. Instrumento legal e guia essencial para que as políticas públicas sejam cada vez mais adequadas ao processo de re-significação da velhice.

Pacto Pela Saúde, emitido em 2006, veio para fortalecer esse compromisso tendo a Saúde do Idoso como uma das prioridades. 

Portaria/GM nº. 399, publicada em 22/02/2006, a Saúde do Idoso aparece como uma das prioridades no Pacto pela Vida, o que significa que, pela primeira vez na história das políticas públicas no Brasil, a preocupação com a saúde da população idosa brasileira é explicitada. 


 

Sinopse do Censo Demográfico 2010 - IBGE

 População

 6.249.682

Grupos de idade Idosos em SC

60 a 64             anos

65 a 69
anos

70 a 74 anos

75 a 79 anos

80 anos ou mais

total

fração

 Total

 223 470

  157 357

  116 977

  78 372

  80 737

  656 913

100,00%

 Homens

 106 909

  73 382

  52 332

  32 789

  29 719

  295 131

 44,93%

 Mulheres

 116 561

  83 975

  64 645

  45 583

  51 018

  361 782

 55,07%

Blumenau

309.011 hab.

  10 362

6 894

  5 181

  3 584

  3 840

  29. 861

 9,66%

 

Centro de Saude do Idoso – CSI. Unidade de média complexidade para atender de forma especializada a população idosa frágil, através da avaliação Geriátrica Ampla (AGA) e posterior elaboração de Plano Multidisciplinar de Tratamento com possível alta e reencaminhamento para a Unidade Básica de Saúde.O envelhecimento ativo e saudável, promoção e proteção da saúde, prevenção de doenças e manutenção/melhoria da capacidade funcional são os grandes objetivos da Política de Saúde da Pessoa Idosa, do Município de Blumenau.

Serviços
Unidade Básica de Saúde - Nível prioritário da atenção à saude do Idoso
Endereço: Rua Itapiranga, 368 - Velha 
Tel.: (47) 3381.6974 

Contato para informações 
E-mail saude.idoso@blumenau.sc.gov.br

“O cuidado à pessoa idosa deve ser um trabalho conjunto entre equipe de saúde, idoso e família” (Brasil, 2006). 
 

▪ Política de Integração Ensino Serviço

Objetivo

Integrar e qualificar as atividades de formação de profissionais de educação superior e serviços de atenção à saúde, além de fortalecer a atenção básica de saúde oferecida à população da região de Blumenau. Trata-se de um processo de crescente articulação entre instituições de educação e serviços de saúde, adequados às reais necessidades da população, fomentando as diretrizes SUS. 

Esta política fomenta a articulação e a integração entre o ensino (universidades e escolas técnicas de Saúde dos cursos da área da Saúde e Serviço Social). Tem como princípio norteador as diretrizes da Política de Educação Permanente em Saúde do Ministério de Saúde.

1 - Pró Pet Saúde É um projeto realizado em 19 postos de ESFs e 3 Centros de Atenção Psicossocial (Caps). Conta com 5 grupos de pesquisa, 5 professores, 48 alunos da Universidade Regional de Blumenau (Furb), 27 profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), 2 docentes como coordenadores, 72 alunos voluntários e 1 coordenador da Integração Ensino Serviço.

2- Estágios curriculares oferecem aos alunos a experiência do aprender fazendo no campo profissional, o que permite a complementação do ensino. Promovida nas unidades de Saúde da cidade. é uma ação realizada pelos acadêmicos de universidades e escolas técnicas de Saúde.

3 - CIES/AMMVI é uma comissão que visa articulação e construção dos princípios, diretrizes e procedimentos da Política da Educação Permanente dos Municípios da Região do Médio Vale do Itajaí (AMMVI). Atualmente a Secretaria Municipal de Saúde possui 4 representantes.

Contato para informações
Ana Célia Carvalho Schneider
Tel.: (47) 3381.6082
E-mail: anaceliaschneider@blumenau.sc.gov.br

▪ Política Nacional de DST/HIV/Aids 

Objetivo

Reduzir a incidência de infecção pelo HIV/AIDS e de outras DSTs, ampliar o acesso e melhorar a qualidade do diagnóstico, tratamento e assistência e fortalecer as instituições públicas e privadas responsáveis pelo controle dessas doenças.

 

 

Contato para informações
Clair Bernardete Bortolotto
Hospital Dia
Rua Paraíba, 380 - Centro
Tel.: (47) 3381.7800
E-mail:sae@blumenau.sc.gov.br

▪ Serviço de Concessão de Órtese e Próteses 

 Objetivo

O serviço recebe as solicitações de órteses e próteses “auditiva”, “ocular” e “ortopédica” do município de Blumenau. A solicitação deve ser realizada junto ao Ambulatório Geral (AG) que atende a área de residência do usuário. No local, o Assistente Social realizará um cadastro do usuário e encaminhará a solicitação à Secretaria Municipal de Saúde de Blumenau (Semus) para os devidos seguimentos. Os serviços prestados são:

Auditiva: Recebimento das solicitações e encaminhamento do usuário ao TFD para posterior recebimento de aparelho auditivo conforme fluxo estabelecido pela Secretaria Estadual de Santa Catarina e Secretaria Municipal de Saúde de Blumenau.

Ocular: Recebimento das solicitações e acompanhamento da aquisição de óculos.

Ortopédica: Recebimento das solicitações e acompanhamento das aquisições de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoções sem intervenção cirúrgica.

Contato para informações
Daiany Wiese
Coordenação do Serviço de Órtese e Prótese
Tel.: (47) 3381.6040
E-mail: orteseprotese@blumenau.sc.gov.br

▪ Serviço Nacional de Controle do Tabagismo 

Objetivo 

Reduzir a prevalência de fumantes e a conseqüente a morbimortalidade relacionada ao consumo de derivados do tabaco no Brasil, bem como, reduzir a iniciação do uso do tabaco principalmente entre jovens, possibilitar a cessação do fumo e reduzir a exposição à fumaça ambiental do tabaco.

Para participar dos Grupos de Tabagismo, basta entrar em contato com os Ambulatórios Gerais abaixo:

 


Ambulatório Geral Haroldo Bachmann
Rua José Reuter, nº 125 - Velha                 

Ambulatório Geral Marilene G. de Aguiar
Rua Norberto Seara Heusi, s/nº - Escola Agrícola                 

Ambulatório Geral Irmã Marta Kunzmann
Rua Progresso - Bairro Progresso            

Ambulatório Geral Mário Jorge Vieira
Rua Paula Hoeltgebaum (final da rua) - Fortaleza

Ambulatório Geral Guilherme Jensen
Rua Pedro Zimmermann, 8.544 - Itoupava Central

Ambulatório Geral Dr. Diogo Vergara
Rua Werner Duwe, s/nº - Badenfurt 

Contato para informações
Daiany Wiese
Tel.: (47) 3381.6040
E-mail: tabagismo@blumenau.sc.gov.br
FanPage: www.facebook.com/tabagismoblumenau

▪ Serviço de Qualificação e Padronização de Material

 
Por meio 
 deste serviço que a Secretaria Municipal de Saúde faz a descrição e avaliação técnica de produtos e materiais utilizados em estabelecimentos de Saúde. É realizado através do setor de Equipe Técnica da Secretaria Municipal de Saúde e tem como finalidade padronizar os materiais adquiridos para a rede Pública de Saúde, além de garantir que estes produtos tenham a qualidade necessária para seu devido uso.

 

 

Contato para informações
Karen Simas Ebsen
Tel.: (47) 3381.6029
E-mail: ivanironcato@blumenau.sc.gov.br