Google+


Governo sem Papel avança na digitalização dos serviços municipais
Já são mais de 50 processos da Prefeitura disponíveis de forma totalmente virtual.

A Secretaria de Gestão Governamental (Segg) está dando sequência ao projeto Governo sem Papel, que tem como objetivo a digitalização dos serviços da Prefeitura. Até agora, mais de 50 processos já passaram a tramitar eletronicamente. Isso resulta em menos tempo de tramitação e maior agilidade no atendimento das demandas da população junto ao município.

Nesta semana, a Segg, por meio da Diretoria de Sistemas e Inovação, que vem implementando a digitalização dos processos no município, liberou uma nova versão do serviço de correspondência. Agora, a comunicação oficial da Prefeitura de Blumenau, tanto interna, quanto externa, será 100% on-line. “O que estamos fazendo é uma transformação digital no município e, para isso, temos contado com o comprometimento e esforço dos profissionais que integram a nossa equipe. Decidimos trabalhar agora no processo de correspondência porque ele é transversal, utilizado massivamente em todos os setores, o que facilitará muito a adaptação dos servidores com os próximos processos que serão digitalizados”, observou o diretor de Sistemas e Inovação, Julio Cézar de Souza da Silva.

Na segunda-feira, dia 10, foi feita uma série de capacitações com grupos de servidores de cada setor, para esclarecer dúvidas, orientar para a utilização do sistema eletrônico, além de mostrar as diversas melhorias da nova versão do serviço digitalizado, que facilitarão ainda mais o uso pelos próprios servidores e pelo cidadão. 

Iniciado em 2018, com a liberação de Solicitações de Informações eletrônica pelo Cidadão, o e-SIC, o projeto tem contribuído também no quesito sustentabilidade, com a redução do uso de papel na administração municipal. Até agora, já foram abertos mais de 106 mil processos digitais, incluindo emissão de alvarás sanitários. O sistema recebeu também 177.504 documentos, totalizando uma economia de mais de 220 mil páginas que deixaram de ser impressas.

O atendimento à população também está se tornando mais ágil. Um exemplo disso é o serviço de emissão de Alvará de Terraplanagem. A solicitação que levava em torno de um ano para ser liberada, agora tramita em uma média de 20 dias. 

O Governo sem Papel está sendo executado em secretarias como Saúde, Planejamento, Fazenda, Meio Ambiente, Defesa do Cidadão, Trânsito e Transportes, RH e Procuradoria. Agora, a Diretoria de Sistemas e Inovação se concentra na digitalização de serviços das Secretarias Planejamento e Administração. A próxima meta é digitalizar e liberar para o cidadão todos os serviços disponíveis na Praça do Cidadão.

Assessora de Comunicação: Aline Franzoi Santos Fleith



postada em 11/05/2021 11:47 - 255 visualizações