Google+


Secretaria de Educação promove seminário sobre educação especial e pedagogia hospitalar
O encontro reuniu cerca de 200 profissionais da rede municipal de educação

Foto: Eraldo Schnaider

A Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Educação (Semed), promoveu nasegunda-feira, dia 22, o Seminário Educação inclusiva: políticas públicas referente à educação especial e a pedagogia hospitalar. A ação foi destinada para os profissionais da rede pública de ensino municipal de Blumenau. 

O objetivo do encontro foi de esclarecer sobre as responsabilidades do profissional da educação na inclusão de todos os estudantes, compreender a importância do trabalho colaborativo entre os profissionais das instituições de ensino para a qualificação no atendimento aos estudantes da educação especial e da pedagogia hospitalar.

Além disso, foram explorados os conceitos, características relacionadas a educação especial e pedagogia hospitalar. O seminário proporcionou um momento de reflexão e sensibilização sobre a importância do vínculo entre a instituição de ensino e a família para o processo de inclusão. 

“Discutir a educação especial é fundamental para a inclusão. Abordar esse tema com nossos profissionais é necessário para que o atendimento nas nossas instituições seja ainda mais qualificado para nossos estudantes”, destaca Alexandre Matias, secretário de educação. 

A programação do evento contou com as palestras “Um olhar de inclusão na Educação” com a Dra.Quitéria Tamanini Vieira Péres e “Marcos Legais e Políticos da Educação Especial” com o Dr.André Luiz Corrêa Brito. Além disso, as professoras Fernanda Busnardo e Paola Cadore também fizeram um relato do dia a dia na Pedagogia hospitalar do Hospital Santo Antônio. 

“O seminário é um momento para falarmos sobre a inclusão nas nas nossas instituições, seja através do trabalho desenvolvido pelos profissionais em cada escola e CEI e também para divulgar o trabalho que o o nosso Centro Municipal de Educação Alternativa (Cemea) desempenha. Além disso, nós temos o projeto de Pedagogia Hospitalar, que permite que as crianças continuem seus estudos mesmo internadas. Tudo isso faz com que Blumenau seja uma cidade cada vez mais inclusiva, é isso que estamos trabalhando para construir em nosso governo”, declara Mário Hildebrandt, prefeito de Blumenau.

Centro Municipal de Educação Alternativa (Cemea)

Com o objetivo de promover a inclusão e o desenvolvimento de estudantes da educação especial, a Secretaria Municipal de Educação mantém o Centro Municipal de Educação Alternativa (Cemea), criado para atender estudantes  de  Blumenau. Atualmente, são atendidos mais de 700 estudantes no CEMEA e nas salas de recursos multifuncionais implantadas nas escolas de toda rede pública municipal de ensino.

Para contribuir com a inserção dessas crianças no ambiente escolar e no contexto social como um todo, o centro oferece atendimento Educacional Especializado (AEE), o AEE da educação infantil, o AEE Surdez,  o AEE de altas habilidades no contraturno escolar.  

Pedagogia Hospitalar 

Desde julho de 2008, uma parceria entre a Secretaria Municipal De Educação e o Hospital Santo Antônio, oferece a todas as crianças e adolescentes de Blumenau e de outros municípios que se encontram hospitalizadas na Pediatria do Hospital Santo Antônio, acompanhamento pedagógico durante a permanência na instituição hospitalar. Proporciona a crianças e adolescentes hospitalizados o acesso à aprendizagem mesmo dentro do hospital, mantendo vínculo entre o estudante e a instituição de ensino.

Assessora de comunicação: Júlia Gabriela Vanderlinde



postada em 23/05/2023 11:38 - 740 visualizações



Fotos
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Eraldo Schnaider