Google+


'Prêmio Professor Inovador de Boas Práticas' tem Lei sancionada pelo prefeito de Blumenau
Ato ocorreu na manhã desta quinta-feira (10), no setor 3, do Parque Vila Germânica, durante a programação da 2ª Mostra de Trabalhos da Rede Pública Municipal de Ensino e do 5º Encontro Blumenauense de Educação Ambiental

Foto: Eraldo Schnaider

Na manhã desta quinta-feira (10), o prefeito Mário Hildebrandt, acompanhado da vice-prefeita, Maria Regina De Souza Soar, e da secretária Municipal de Educação, Patrícia Lueders, sancionou a Lei que institui o Prêmio 'Professor Inovador de Boas Práticas'. A solenidade ocorreu durante a programação da 2ª Mostra de Trabalhos da Rede Pública Municipal de Ensino de Blumenau e do 5º Encontro Blumenauense de Educação Ambiental, no setor 3, do Parque Vila Germânica. 

O prêmio visa homenagear e reconhecer na forma de abono pecuniário, os professores e educadores da Rede Pública Municipal de Ensino. O pagamento da premiação ocorrerá sempre no mês de Outubro, em alusão à passagem do Dia do Professor e premiará até 50 projetos inscritos e avaliados ao longo do ano.

Para o prefeito, Mário Hildebrandt, o ‘Prêmio Professor Inovador de Boas Práticas’ é mais uma maneira de reconhecer e incentivar o trabalho dos professores da Rede Municipal de Ensino. “O prêmio é uma das várias ações que construímos ao longo da nossa gestão para reconhecer o trabalho de qualidade realizado pelos nossos professores. Na minha gestão, nós priorizamos a educação como um todo, desde a estrutura física, passando pela parte pedagógica e chegando à melhoria das condições de trabalho dos profissionais de educação. Nós conseguimos atender uma demanda antiga dos professores, regulamentando as horas de atividade e instituímos, também, o abono salarial. Agora damos mais um passo com o Prêmio e valorizamos o trabalho realizado pelo corpo docente. Isso refletirá no futuro da nossa cidade”, afirma.

Patrícia Lueders, secretária de educação do município, faz o convite para a população visitar a 2ª Mostra de Trabalhos da Rede Pública Municipal de Ensino de Blumenau e do 5º Encontro Blumenauense de Educação Ambiental. “A feira está encantadora e mostra a qualidade da educação que Blumenau tem. Não deixe de participar. A entrada é gratuita e o evento segue nesta quinta-feira (10), até as 17h”, enfatiza a secretária. 

Inscrição de projetos
Os professores dos Centros de Educação Infantil (CEIs) e Escolas Básicas Municipais (EBMs) poderão inscrever seus projetos, que terão como premiação o valor em dinheiro equivalente ao piso dos profissionais do Magistério Público Municipal, estabelecido em lei no ano de 2022, e proporcional à carga horária semanal do docente premiado. Cada profissional terá direito a inscrever um projeto por ano. 

A análise e a seleção dos projetos vencedores serão realizadas por uma comissão técnica, composta por profissionais das áreas de educação e administrativa, criada pela Secretaria de Educação. 

Uso sustentável dos recursos
Para o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Jefferson Edemar Voigtlaender, o maior objetivo do evento é capacitar os professores e envolver as crianças e adolescentes com a conscientização ambiental e o uso sustentável dos recursos. “É um trabalho que fizemos de forma continuada na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, por meio da diretoria de educação ambiental, em que são feitas, ao longo de todo o ano, palestras e oficinas para a capacitação continuada dos professores. O ideal é chegar ao fim do ano com os objetivos concluídos em relação à preservação ambiental no município de Blumenau”, acrescenta o secretário.

Proliferação do Aedes Aegypti
Em paralelo à programação, a Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) realizou uma ação de conscientização, mobilizando a participação da população na realização de iniciativas destinadas ao combate ao mosquito Aedes Aegypti (representado por um ‘mascote’), antes da chegada do verão, período com mais volume de chuva no município. 

Além do material explicativo, mostrando as formas de evitar a proliferação, os agentes de saúde tiraram dúvidas da comunidade e passaram orientações de como detectar os sinais e os sintomas da doença. A população também pode denunciar locais com possíveis focos do mosquito, entrando em contato com o Programa de Combate à Dengue, por meio do OuvidorSUS, no telefone 156 (opção 4) ou pelo telefone (47) 3381-7770. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Eleandra Casani, coordenadora do Programa de Combate à Dengue, diz que a ajuda dos blumenauenses no combate ao Aedes Aegypti é essencial, porque o período quente e chuvoso facilita a multiplicação do vetor. “É muito importante que a população faça a sua parte, lembrando que o ovo do mosquito pode permanecer em ambiente seco por um ano e dois meses”, finaliza a coordenadora.



postada em 10/11/2022 13:51 - 298 visualizações



Fotos
  • Foto: Eraldo Schnaider
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Gisele de Cássia Galvão