Google+


Adolescentes da rede municipal de educação participam de programa de incentivo ao mercado da tecnologia
O programa foi lançado nesta quarta-feira em parceria com o Senai

Foto: Michele Lamin

Nesta quarta-feira, dia 14, a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Educação e do Senai, lançou o Programa Hellow Blumenau, que tem como objetivo despertar o jovem para o mundo de oportunidades do mercado de tecnologia. 

Participaram da abertura o prefeito, Mário Hildebrandt, a vice-prefeita, Maria Regina de Souza Soar, e o secretário de Educação, Alexandre Matias. Além disso, professores de informática, diretores das escolas participantes e coordenadores também estiveram presentes e puderam entender mais sobre o programa e tirar dúvidas.

O programa é destinado para estudantes que estão no 8° e 9° ano do ensino fundamental, envolvendo 37 escolas municipais. Cerca de 4,5 mil jovens serão beneficiados com o programa. Destes, 300 estudantes serão selecionados para participar do Hackathon, que resultará nos 100 finalistas que terão a oportunidade de realizar o curso gratuito. 

“Essa é a abertura de mais uma porta para a inclusão no mundo do trabalho e de transformação social da cidade de Blumenau. Estamos selando um processo de mudança digital, recentemente anunciamos a entrega de tablets e notebooks. Além disso, estamos melhorando a infraestrutura das nossas salas de informática. Esse programa vai trazer para nossos estudantes a oportunidade de se interessar pela tecnologia assim que saírem do ensino fundamental e entrarem no ensino médio”, declarou o prefeito. 

O projeto ainda tem a intenção de estimular o crescimento de mulheres no mercado de TI, por isso 50% das vagas dos finalistas são obrigatoriamente destinadas às meninas.

“A tecnologia está presente na nossa vida e nada melhor do que dentro da nossa Rede Pública Municipal nós estimularmos a curiosidade dos nossos estudante com relação a tecnologia. É um programa maravilhoso, que vai atingir muitos alunos da nossa rede, é muito válido destacar que as mulheres estão sendo priorizadas para que o pensamento computacional também seja despertado nesse público”, destacou o secretário de Educação.

Assessora de comunicação: Júlia Vanderlinde



postada em 14/02/2024 11:31 - 1407 visualizações



Fotos
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin