Google+


Semudes realiza oficina sobre alimentação saudável na Casa da Esperança
O público alvo foram as crianças de 6 a 9 anos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

Nesta quinta-feira (22), a Secretaria de Desenvolvimento Social (Semudes) por meio da Gerência de Segurança Alimentar (Gesan) realizou em parceria com o Cras II uma oficina de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) na Sociedade Casa da Esperança. O tema da oficina foi “Despertando o gosto pela alimentação saudável através dos sentidos e os malefícios do consumo de ultraprocessados”.

O objetivo da ação foi estimular os sentidos (tato, paladar, olfato) e apresentar diferentes frutas e verduras para as crianças. Além disso, também foi feita a demonstração de produtos processados e as suas quantidades de açúcar. Assim, conscientizando as crianças dos malefícios do consumo excessivo desses alimentos. 

O público alvo foram as crianças de 6 a 9 anos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), vinculadas os CRAS II do bairro Garcia, e que frequentam a Casa da Esperança. A oficina ocorreu no período matutino e vespertino.

“É sempre muito relevante levar essas informações e orientações para as crianças que utilizam os serviços do nosso município. Alimentação saudável é um tema que precisa estar presente no dia a dia e sendo incentivado desde sempre, é o que a Gesan vem fazendo”, destaca Alexandre Matias, Secretário do Desenvolvimento Social.

A Casa da Esperança atende cerca de 120 crianças e adolescentes, de 6 a 15 anos, em situação de risco em virtude da vulnerabilidade de suas famílias. Funciona de segunda a sexta, das 7h às 12h e das 13h às 17h.

Assessora de Comunicação: Júlia Vanderlinde

 


postada em 23/09/2022 14:52 - 160 visualizações



Fotos