Google+


Semudes inicia o projeto "Empreender com Arte"
O projeto acontece em três etapas e conta com a parceria da Sebrae, Fundação Hermann Hering e Instituto Duda e Adelina.

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Semudes) iniciou esta semana o projeto "Empreender com Arte". O projeto é desenvolvido pela Gerência de Inclusão Social com os Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Serão três etapas que envolvem oficina prática, orientações de empreendedorismo e exposição.

A primeira etapa aconteceu na terça feira, dia 27, no Cras II - Garcia e além de usuárias deste serviço, também participaram do Cras I - Velha. Neste dia foi realizada uma oficina prática de acessórios de fuxico. A Fundação Hermann Hering e o Instituto Duda e Adelina contribuíram com os materiais utilizados na oficina.

Na segunda etapa terá a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Serão três palestras que também acontecerão no Cras II - Garcia, localizado na Rua da Glória, 459, bairro Da Glória. Os usuários que não participaram da primeira etapa, mas têm interesse de participar do projeto podem entrar em contato com o Cras da sua região.

A primeira palestra será no dia 6 de outubro e terá como tema as finanças pessoas. Os participantes irão aprender como controlar as finanças pessoais utilizando cadernos de anotações ou aplicativos. Também serão passadas dicas de como fazer economia doméstica: alimentação em casa, economia de energia, de produtos, entre outros.

Contas pessoais e contas da empresa será o segundo tema trabalhado no dia 13 de outubro. Será ensinado como elaborar os controles do negócio para obter alguns indicadores: lucro, custos fixos, variáveis e entre outros. E a última palestra será no dia 20 de outubro sobre custos e formação de preço dos produtos para venda.

Na terceira etapa do projeto "Empreender com Arte" será feita uma mostra de talentos, com exposição dos produtos confeccionados pelos participantes da oficina de fuxico e demais produtos dos participantes.

"Essa iniciativa estimula as pessoas a iniciarem seu próprio negócio a partir de aprendizados de confecção de produtos artesanais. Além disso, irão aprender sobre empreededorismo e economia que abrirá as portas para, quem sabe em breve, levá-los à geração de renda, por meio de pequenos negócios que possam abrir futuramente. É um importante passo para a autonomia financeira," comenta a Diretoria de Proteção Básica Dalva da Silva.

Assessora de Comunicação: Anna Clara Uliano



postada em 03/10/2022 11:06 - 237 visualizações



Fotos