Google+


Auxílio emergencial já está disponível para cadastros em site e aplicativos
O auxílio é para trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados.

O auxílio emergencial no valor de R$ 600,00 para trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados já está disponível. O Governo Federal lançou nesta terça-feira, dia 07, o site e aplicativos para IOS e Android para os interessados se cadastrarem.
Este benefício tem o objetivo de garantir a proteção emergencial da população durante o período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do coronavírus (COVID-19). Ele será pago para durante três meses para até duas pessoas da família que preencham os seguintes requisitos:

 - Maior de 18 anos;

 - Sem emprego formal;

 - Sem benefício assistencial ou previdenciário;

 - Sem seguro desemprego;

 - Sem programa de transferência de renda (exceto Bolsa Família);

 - Que tenha recebido rendimentos tributáveis até R$ 28.559,70 em 2018 e

 - Renda familiar de até R$ 522,50 por pessoa ou renda mensal familiar total de até R$ 3.135,00

Famílias em que a mulher é a única responsável pelas despesas da casa irá receber o valor de R$ 1.200,00.

Confira o passo a passo para realizar o cadastro:

 1. Após entrar no site ou aplicativo, entrar na opção “Realize a sua solicitação”;

 2. Confirmar que se encaixa em todos os requisitos do auxílio;

 3. Preencher dados pessoais, como nome, CPF, data de nascimento;

 4. Caso não esteja no Cadastro Único irá abrir uma página para preencher mais dados, que serão utilizados para analisar o repasse do benefício. É possível acompanhar a sua situação na tela inicial.

 5. Caso já esteja no Cadastro Único irá aparecer a mensagem “Você já está no Cadastro Único Federal”. As condições para o recebimento será avaliada pelo cadastro já existente.

As pessoas que recebem o Bolsa Família poderão receber o auxílio emergencial caso este seja mais vantajoso. Durante o recebimento do auxílio emergencial o Bolsa Família ficará suspenso para esta pessoa.
Em caso de dúvidas ou dificuldades para o cadastro deve-se entrar em contato com a Caixa Econômica Federal pelo número 111. Todo o processo para este auxílio emergencial é de responsabilidade do Governo Federal, portanto não há necessidade da população procurar a Secretaria de Desenvolvimento Social (Semudes).

Assessora de Comunicação: Anna Clara Uliano



postada em 07/04/2020 19:38 - 1337 visualizações



Fotos