Google+


Seminário da Defesa Civil reúne mais de 100 profissionais
Evento realizado na última quarta-feira, faz parte da programação do Julho Laranja.

Foto: Marcelo Martins

Mais de 100 profissionais participaram na última quarta-feira, dia 20, no Salão Nobre da Prefeitura de Blumenau do Seminário Regional de Defesa Civil. A ação, que faz parte da programação do Movimento Julho Laranja, abordou diversos temas relacionados à resiliência, risco de desastres, monitoramento hidrológico, além de experiências vivenciadas em áreas de risco.

O geógrafo e diretor de geologia da Defesa Civil de Blumenau, Gerson Lange Filho contou sobre as experiências vivenciadas na região de Petrópolis, que foi atingida por um desastre natural no mês de fevereiro. Na época, dois profissionais aqui do município, incluindo ele, auxiliaram a equipe local na avaliação das áreas afetadas, realizando vistorias e relatórios técnicos quanto à classificação de risco da região.

Em um segundo momento a engenheira Graciane Vivan Pomatti relatou sobre a implantação da rede de monitoramente hidrológico, que ampliará somente na Região do Vale do Itajaí para 25 novas estações hidrológicas. O representante da Defesa Civil estadual, Frederico de Moraes Gudorff explicou um pouco sobre a estrutura dos dispositivos meteorológicos em Santa Catarina e o quanto isso auxilia no trabalho de monitoramento.

O advogado Pery Saraiva Neto palestrou sobre o tema Direito dos Desastres, traçando um paralelo dos fenômenos naturais no contexto urbano, considerando a importância das administrações públicas definirem protocolos e seguirem o mesmo. Segundo ele, a legislação prevê um ciclo de ações que consta prevenção, mitigação, preparação, resposta e a recuperação.

Por fim, o engenheiro da Defesa Civil de Blumenau, Roberto Lúcio Correa Bueno conduziu um debate entre os participantes comparando as experiências de cada região e as realidades que apesar de distintas se assemelham no aspecto geológico.

O secretário municipal de Defesa Civil, Carlos Olímpio Menestrina, exalta ações como esta que agrega conteúdo qualificado aos profissionais. “É importantíssimo que nossas equipes compartilhem experiências e façam esta reflexão do que e de como cada cidade está se preparando e se equipando para monitorar e enfrentar os fenômenos naturais” salienta.

Promovido pela Defesa Civil o seminário contou com a parceria da Escola do Legislativo Fritz Muller e também do Sindsegsc (Sindicato das Seguradoras Previdência e Capitalização de Santa Catarina). Mais de 100 participantes de oito cidades prestigiaram o encontro da última quarta.


Assessor de Comunicação: Fernando Gonzaga

 



postada em 21/07/2022 08:57 - 407 visualizações



Fotos
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins