Google+


Defesa Civil divulga balanço da operação força-tarefa
Foram efetuados mais de 300 atendimentos no município.

A Secretaria de Defesa Civil divulgou nesta sexta-feira, dia 24, os números da operação força-tarefa que está averiguando o cumprimento das medidas restritivas em Blumenau. Nos primeiros dias, após as novas regras anunciadas pela Prefeitura por meio do Decreto Municipal nº 12.738, as equipes registraram 301 abordagens.

 

Destes, foram orientados 152 estabelecimentos, emitidos 12 autos de intimação, 46 denúncias foram registradas como improcedentes - o que representa cerca 15% das visitas realizadas. Ao todo, a força-tarefa fechou 23 estabelecimentos por não cumprirem o Decreto Municipal. Nenhuma multa foi aplicada. Entre as situações mais recorrentes após a publicação do novo decreto, está a abertura de comércios considerados não essenciais, com atendimento ao público.

Na terça-feira, dia 22, a Secretaria de Defesa Civil registrou mais de 200 ligações, envolvendo denúncias e pedidos de orientação pelo telefone 199. O coordenador da força-tarefa, coronel Carlos Olimpio Menestrina comenta o cumprimento das medidas. “Algumas pessoas não cumpriram o decreto por desconhecimento, e outras deixaram de cumprir por desobediência ao regramento. A gente pede ainda que a população colabore e não promova aglomerações no fim de semana.”, salienta.

 

No site da Prefeitura de Blumenau, o município disponibiliza uma página com o Decreto municipal Decreto Municipal nº 12.738 e uma tabela de restrições de atividades, com orientações sobre o funcionamento dos estabelecimentos. Para acessar basta acessar www.blumenau.sc.gov.br, e um banner na página principal direciona o internauta para as informações.

 

Nos primeiros dias foram feitas orientações, agora será aberto processo administrativo sanitário com penalidade de multa. O valor pode variar entre R$213,51 a R$21.351.66, dependendo da infração, circunstâncias agravantes e atenuantes, gravidade do fato, antecedentes e capacidade econômica do infrator.

 

Operação já registrou mais de 1 mil ocorrências

Desde o dia 26 de junho, a força-tarefa já registrou 1.012 ocorrências, onde foram lavrados 93 autos de intimação, interditaram três estabelecimentos, registraram 42 aglomerações em locais públicos, 78 eventos particulares, quatro cultos foram encerrados e um Boletim de Ocorrência foi registrado. Desde o dia 11 de julho, a força-tarefa passou a orientar e distribuir máscaras para as pessoas sem o equipamento. Até agora, foram abordadas 145 pessoas sem máscara, e 103 foram entregues. Nenhuma multa por falta de máscara foi registrada.

 

Recentemente, o 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros passou a fiscalizar aglomeração em supermercados e mercados de Blumenau. Conforme o atual decreto, esses estabelecimentos devem restringir o acesso de um integrante por família. A lotação do estabelecimento foi reduzida para 40% da capacidade.

 

A iniciativa está sendo coordenada pela Secretaria de Defesa Civil (Sedeci), com apoio da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) e da Polícia Militar. Cerca de 30 profissionais continuam atuando na operação, divididos em equipes que percorreram os bairros da cidade. O trabalho conjunto acontece todos os dias da semana.

 

Denúncias relacionadas a casos de aglomeração ou desrespeito às medidas restritivas podem ser registradas por meio do telefone 199.

 

Assessor de Comunicação: João Vitor Korc



postada em 24/07/2020 18:37 - 639 visualizações



Fotos