Google+


Abertura do Defesa Civil na Escola marca 10 anos do programa
Além da cerimônia de abertura, ato também consolidou posse dos agentes mirins da turma de 2023.

Parece recente, mas o projeto Defesa Civil na Escola completa 10 anos em 2023. Nesta sexta-feira, dia 17, além de celebrar a data, a Prefeitura de Blumenau por meio da Secretaria de Defesa Civil (Sedeci), inicia de forma oficial o calendário de atividades do ano com 15 escolas do município, da rede municipal, estadual e privada. Além deste, a sexta-feira também marcou a posse dos novos agentes mirins de 2023 das três escolas contempladas pelo programa.

Criado em 2013, o Defesa Civil na Escola iniciou suas atividades como projeto piloto nas unidades da EBM Visconde de Taunay e EEB Luiz Delfino. Desde então, 5.933 alunos de 81 unidades educacionais de Blumenau foram contempladas.

E neste ano, o programa irá beneficiar as escolas: EEB Adolpho Konder; Colégio Excelsior; EEB Emílio Baumgart; EBM Conselheiro Mafra; EBM Bilíngüe Professora Alice Thiele; EBM Bilíngüe Gustavo Richard; EIU Escola Internacional; EEB Bruno Hoeltgebaum; EBM Henrique Alfarth; EEB Luiz Delfino; EBM Felipe Schmidt; EBM Lauro Muller; EEB Professora Áurea Perpétua Gomes; EBM Almirante Tamandaré e EBM Visconde de Taunay.

O prefeito Mário Hildebrandt ressalta a importância do programa para as futuras gerações. “O futuro se constrói agora, ensinando, mostrando e orientando os nossos jovens de como zelar e cuidar da natureza, respeitando os limites dela, principalmente no que se refere a ocupação de áreas suscetíveis a alagamentos, ou mesmo deslizamentos de terra”, reforça.

Do mesmo modo, o secretário de Defesa Civil, Carlos Olímpio Menestrina, exalta os programas educacionais voltado aos jovens. “Após a tragédia de 2008, sentiu-se uma necessidade de trabalhar não apenas na reconstrução, mas sim, na prevenção, e para isso, nada melhor do que oportunizar que os nossos estudantes tenham desde cedo uma consciência ecológica, ciente dos riscos provocados por fenômenos naturais”, reitera.

O programa Defesa Civil na Escola tem como público alvo os alunos dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, onde são abordados temas como: noções básicas de Defesa Civil; percepção de riscos e desastres e por fim, uma avaliação, que culmina com a entrega de certificados. Boa parte das atividades com os estudantes, conta com a presença da cachorra Mayla.

Agente Mirim

Um ano após a criação do programa Defesa Civil na Escola, a Sedeci instituiu o projeto Agente Mirim, justamente para fortalecer as ações de prevenção com os alunos. Neste ano, as escolas contempladas são: EEB Professor Heriberto Joseph Muller; EBM Bilíngüe Olga Rutzen e EEB Christoph Augenstein. Desde 2014, o projeto Agente Mirim atuou em 11 escolas e formou 278 estudantes.

Defesa Civil na Escola 2023

EEB Adolpho Konder
Colégio Excelsior
EEB Emílio Baumgart
EBM Conselheiro Mafra
EBM Bilíngüe Professora Alice Thiele
EBM Bilíngüe Gustavo Richard
EIU Escola Internacional
EEB Bruno Hoeltgebaum
EBM Henrique Alfarth
EEB Luiz Delfino
EBM Felipe Schmidt
EBM Lauro Muller
EEB Professora Áurea Perpétua Gomes
EBM Almirante Tamandaré
EBM Visconde de Taunay

Agente Mirim 2023

EEB Professor Heriberto Joseph Muller
EBM Bilíngüe Olga Rutzen
EEB Christoph Augenstein


Assessor de Comunicação: Fernando Gonzaga

 

Saiba mais sobre esse assunto no PrefaBnu Play.



postada em 17/03/2023 10:05 - 1251 visualizações



Fotos
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins