Google+


Prefeitura lança pesquisa para avaliar práticas de gestão no serviço público municipal
Objetivo é realizar diagnóstico para subsidiar análise dos quadros, carreiras e salários

Foto: Marcelo Martins

A Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Administração (Sedead), deu início na segunda-feira, dia 11, a um diagnóstico de gestão junto aos servidores municipais. A pesquisa tem o objetivo de coletar informações que possam subsidiar a análise do atual Plano de Cargos e Salários, bem como práticas de gestão de pessoas no serviço público, atendendo à proposta acordada com a categoria durante a negociação salarial de 2023.

“Nossa meta, desde que assumimos a gestão municipal, é tornar o serviço público mais ágil, mais eficiente e de melhor qualidade para atender ao cidadão. Temos feito isso atuando em várias frentes, como na modernização dos processos, com os serviços digitais; na implementação de práticas de controle interno e de integridade; e agora chegou a hora de avançarmos para a gestão de pessoas. Temos cerca de 10 mil servidores na prefeitura, um quadro maior do que muitas empresas de grande porte, mas envolvendo as mais diferentes áreas profissionais. Então, é um quesito que precisa ser muito bem estudado e analisado para que as mudanças propostas se traduzam efetivamente numa melhor qualidade dos serviços prestados à população”, observa o prefeito Mário Hildebrandt.

O atual Plano de Cargos e Salários do serviço público municipal foi criado em 2007. Desde então, recebeu atualizações por categorias profissionais, mas não uma revisão completa. “Nossa proposta é elaborar uma estrutura de carreira baseada nas competências individuais e coletivas, com viés organizacional e profissional. Para isso, os dados obtidos nessa pesquisa serão fundamentais. É importante ressaltar que essas informações são sigilosas e mantém o anonimato do entrevistado, ficando resguardadas com o Núcleo Interdisciplinar da Universidade de Londrina, que está executando a pesquisa e que vai elaborar estratégias de melhorias para apresentar ao município nas próximas etapas deste estudo”, explica o secretário de Administração, Anderson Rosa.

O levantamento está sendo realizado pela Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual de Londrina (FAUEL), contratada pela prefeitura, e faz parte de um estudo amplo conduzido em conjunto com uma Comissão de Acompanhamento, composta por representantes da prefeitura municipal, ISSBLU e Sintraseb. A pesquisa deverá ser respondida pelos servidores efetivos e ocupantes de cargos de liderança até o dia 22 de março. 

 

Assessora de Comunicação: Aline Franzoi Santos Fleith



postada em 13/03/2024 08:38 - 745 visualizações



Fotos
  • Foto: Marcelo Martins