Google+


Procon volta a fiscalizar postos de combustíveis em Blumenau
Com aumento de R$ 0,10 na bomba, medida vai garantir que não haja cobranças abusivas na cidade.

A equipe do Procon de Blumenau voltou novamente às ruas para fiscalizar o preço do litro da gasolina. A medida tem como objetivo verificar o recente aumento de R$ 0,10 no combustível e que atinge principalmente o bolso da população. Dos quase 70 estabelecimentos que comercializam a gasolina na cidade, mais de 10 já apresentaram as notas fiscais de compra efetivadas junto à distribuidora ao órgão de defesa.

De acordo com o coordenador do Procon de Blumenau, André Moura Cunha, desde o último aumento no preço do litro da gasolina, praticado pelo governo no final do ano passado, houve um reajuste escalonado no litro da gasolina a partir do carnaval deste ano, chegando quase na casa dos 20%. “Estamos atentos e vamos fiscalizar para garantir que o preço do litro não seja cobrado de forma abusiva, mas mediante o que a Petrobrás está repassando às refinarias e consequentemente aos postos de combustíveis”, diz.

Ainda de acordo com André, em conversa com o representante do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Blumenau (Sinpeb), na manhã desta quarta-feira, dia 13, o aumento deverá atingir somente a gasolina, não sendo aplicado o reajuste ao diesel. “Por enquanto não há previsão de aumento neste sentido”, disse o coordenador. De acordo com dados levantados pelo órgão de defesa, a média atual do preço do litro da gasolina no município é de R$3,99.

Assessor de Comunicação: Joni César



postada em 13/03/2019 17:07 - 107 visualizações



Fotos