Google+


Procon orienta população sobre as compras para o Dia das Mães
Consumidor deve exigir a nota fiscal do produto para evitar prejuízos.

Neste domingo, dia 12, comemora-se o Dia das Mães, considerada uma das principais datas após o Natal. Por isso, o Procon de Blumenau orienta a população para atenção especial quando for às compras. De acordo com o coordenador do órgão de defesa do consumidor, André Moura Cunha, a pessoa deve fazer uma lista de opções e pesquisas de preços dos produtos. “O importante é saber o que se pretende comprar, observando o preço, condições de pagamentos e utilidade do presente para a mãe”, diz.

O Procon também ressalta a importância de optar por lojas físicas, lembrando que a loja somente é obrigada a efetuar a troca em caso de defeito na mercadoria. “Se houve um comprometimento do estabelecimento no momento da compra, o consumidor pode exigir a troca dentro do prazo prometido, mantendo a etiqueta do produto e apresentação da nota fiscal”, explica o coordenador.

Para os casos de compras de itens eletrônicos, o órgão de defesa orienta o consumidor para que exija o teste do aparelho. Além disso, independente do produto, deve-se exigir a nota fiscal, o que resulta na garantia, além de fornecer a relação das assistências técnicas autorizadas. É importante também o consumidor saber que garantia estendida não pode ser incluída na venda sem a sua autorização.

André também explica que ao optar por produtos como flores e cestas de café da manhã, é importante observar o valor final da compra, que inclui os custos com embalagens, arranjos e entrega. Além disso, mesmo que não estejam na embalagem original, os produtos precisam ter etiquetas com as informações obrigatórias, como composição e prazo de validade.

Fornecedor
O Procon de Blumenau ainda reforça que o fornecedor não é obrigado a aceitar pagamentos com cheque ou cartão, porém tal informação deve estar disponível de forma clara e visível para evitar dúvidas ou constrangimento ao consumidor no momento da compra. Também é proibida a cobrança de valor mínimo para uso de cartões de débito ou crédito, bem como diferenciações de valores para pagamentos em cartão ou dinheiro.

O consumidor que preferir fazer compras pela internet deve ficar atento à segurança do site, pesquisando a idoneidade da empresa em sites de reclamações on-line ou por meio dos registros de queixas nos órgãos de defesa do consumidor. Vale lembrar também que o período de desistência é de sete dias, de acordo com o artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor, prazo este que começa a contar a partir da assinatura do contrato ou do recebimento do produto.

Na dúvida, o Procon indica entrar em contato com o órgão via WhatsApp do Consumidor pelo número 47 99920-0083 ou se dirigir à sede, na Avenida Presidente Castelo Branco, 1.243, no Centro. O horário de funcionamento do Procon é das 9h às 16h.

 

Assessor de Comunicação: Joni César



postada em 03/05/2019 11:30 - 289 visualizações