Google+


Procon de Blumenau segue com monitoramento do preço dos combustíveis na cidade
Medida atende inibir abusos de preços pelos estabelecimentos em garantia aos consumidores

Foto: Marcelo Martins

Em função da alta do preço dos combustíveis anunciado nesta segunda feira, dia 5, pela Petrobras, de 6,3% para a gasolina, 3,7% no diesel e 5,9% para o gás de cozinha, o Procon de Blumenau reforça que está monitorando os preços nos postos de combustíveis junto aos estabelecimentos para verificar se está havendo prática abusiva no município.

Segundo o coordenador do órgão de defesa, André Moura da Cunha, não existe tabelamento de preços de combustíveis, nem de qualquer outro produto, mas é necessária a aferição desse aumento e se foi praticado abuso ou não pela empresa. “Estamos em constante monitoramento dos preços de forma firme para inibir práticas abusivas na cidade, sempre em garantia dos direitos da população”, diz.

André reforça ainda que o aumento no preço dos combustíveis impacta diretamente na vida das famílias. “Um aumento expressivo repentinamente, a partir da especulação de uma possível alta do valor do produto em decorrência do mercado internacional, requer uma ação enérgica do Procon e uma resposta rápida e eficaz para a população, mesmo a Petrobras negando o repasse do reajuste, diz o coordenador.

Assessor de Comunicação: Joni César



postada em 06/07/2021 17:05 - 562 visualizações



Fotos
  • Foto: Marcelo Martins