Google+


Prefeitura de Blumenau apresenta investimentos em Segurança Viária
Com recursos superiores a R$ 20 milhões, foco é a gestão do tráfego urbano e a redução de acidentes

Garantir mais mobilidade e a segurança de motoristas, ciclistas e pedestres. Esse é o objetivo do Plano de Segurança Viária apresentado nesta sexta-feira, dia 20, pelo prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt. Com o conceito Vision Zero, projeto de origem sueca cuja premissa é de que nenhuma vida perdida no trânsito é aceitável, a proposta busca ampliar a gestão do tráfego urbano, otimizando o controle e reduzindo o número de acidentes.

Somente no último ano, Blumenau registrou 2.849 acidentes, quase 50% deles (1.399) com vítimas. Nos últimos 10 anos foram quase 40 mil acidentes e mais de 330 vítimas fatais. Somados a isso, a frota da cidade também duplicou na última década. Hoje, a cidade conta com 265,8 mil veículos registrados no município.

Entre as medidas detalhadas por Hildebrandt, estão investimentos de mais de R$ 20 milhões, que incluem a Central de Controle Operacional, com a Central de Tráfego em Área (CTA), o Sistema de Circuito Fechado de TV (CFTV) e o Sistema de Detecção Automática de Incidentes (DAI), além do Cinturão de Monitoramento, os Talonários Eletrônicos, as Body Cams e novas faixas elevadas.

Central de Controle Operacional
Unidade gerencial e operacional responsável pela recepção de imagens e informações 24 horas por dia, a Central de Controle Operacional (CCO) auxiliará na tomada de decisões nos níveis estratégico, tático e operacional, além de atuar pontos com índices elevados de acidentes, locais de grande fluxo ou congestionamento, entradas e saídas de anéis viários, entre outros locais. 

As orientações com a definição dos melhores momentos para a mudança dos tempos semafóricos serão repassadas pela Central de Tráfego em Área (CTA), que contará ainda com os Semáforos Inteligentes, que auxiliam deficientes visuais em cruzamentos semaforizados. Ao todo, serão instalados 305 Semáforos Inteligentes com botoeiras sonoras que permitem a travessia em segurança.

Além disso, o Sistema de Circuito Fechado de TV (CFTV), dedicado à segurança viária, e o Sistema de Detecção Automática de Incidentes (DAI), possibilitarão a identificação de locais com trânsito lento ou parado, emitindo alertas automáticos aos usuários para que busquem rotas alternativas ou alterem o plano de deslocamento. As vias públicas também serão monitoradas por quatro pontos de informação (totens), disponibilizando um canal remoto de comunicação instantânea entre o cidadão e a CCO.

O sistema conta ainda com um Cinturão de Monitoramento composto por 90 câmeras, softwares e sensores para identificação automática de caracteres das placas, que permitirá identificar roubos, documentações irregulares e medidas como busca e apreensão.  Com o sistema também será possível monitorar informações como quantos veículos entram e saem da cidade, em que dias e horários e por quais bairros de deslocaram.

O uso de novas tecnologias também será utilizado para garantir mais transparência e segurança nas abordagens. O Talonário Eletrônico, que permite o registro de Autos de Infração de Trânsito (AIT) e demais ocorrências de maneira informatizada já está sendo utilizado pela Guarda Municipal de Trânsito, que ganhou 40 equipamentos portáteis. O objetivo agora é agregar as Body Cams, câmeras acopladas ao corpo, que trarão mais segurança aos agentes e à comunidade. Ao todo serão 80 Body Cams.

Plano contempla ainda instalação de faixas elevadas
Além das tecnologias aplicadas com a instalação da CCO, a Prefeitura também prevê a instalação de 150 novas faixas elevadas para travessia. A prioridade para instalação foram os locais de maior circulação, especialmente próximo a equipamentos públicos como escolas ou unidades de saúde. O edital de licitação está pronto para ser assinado e o objetivo é instalar cerca de 10 faixas a cada mês.

O prefeito Mário Hildebrandt explica que o conjunto de ações apresentadas trará não apenas mais segurança viária e conseqüentemente segurança pública, como garantirá mais transparência aos processos. “O objetivo é trabalhar e construir a Blumenau que nós queremos para nossos filhos e nossos netos daqui a alguns anos. E essa discussão precisa passar pela Segurança Viária e por mais mobilidade para nosso motorista, nosso pedestre, nosso ciclista e garantir mais qualidade de vida para a população”.



postada em 20/09/2019 10:04 - 1198 visualizações



Fotos
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins