Google+


Futuro Centro de Convenções de Blumenau tem nome definido
Prefeitura fará homenagem ao engenheiro e ex-secretário Paulo França.

O nome oficial do Centro de Convenções que será construído em Blumenau está definido. O prefeito Mário Hildebrandt encaminhou à Câmara de Vereadores um Projeto de Lei que nomeia como Paulo Roberto Tesserolli França, o novo empreendimento que será construído na Rua Humberto de Campos, no bairro Velha.
  
A iniciativa é uma homenagem ao engenheiro civil e ex-secretário Paulo França, que dedicou grande parte de vida profissional à gestão pública, além de ter importante participação na idealização deste empreendimento turístico de eventos e negócios. Na próxima semana, o governador de Santa Catarina Carlos Moisés, retorna a Blumenau para participar de evento de lançamento da Oktoberfest e, entre outras ações, deve assinar a ordem de serviço para a construção do Centro de Convenções.
  
O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, lembra que Paulo dedicou 50 anos da vida à gestão pública. “A maior parte da vida dele foi dedicada a Blumenau. Ele passou por vários governos durante todos esses anos, e participou das principais obras viárias da cidade. Paulo foi um dos idealizadores deste grandioso projeto para o turismo e lazer da cidade. Essa homenagem é mais do que justa”, completa.
  
Biografia de Paulo França
Engenheiro civil de formação, em sua trajetória de dedicação ao serviço público, Paulo França teve passagens pela Secretaria Municipal de Obras, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional (SDR) de Blumenau, Secretaria de Estado da Infraestrutura e Assembleia Legislativa. 

Paulo França iniciou sua carreira em 1975, junto ao Escritório Regional de Fiscalização do Departamento de Estradas e Rodagem de Santa Catarina (DER), onde atuou por quatro anos. Logo depois, em 1980, assumiu a Diretoria de Obras da Prefeitura de Blumenau, durante o primeiro governo do ex-prefeito Renato Vianna. Na gestão seguinte, com Dalto dos Reis, foi convidado a comandar a Secretaria de Obras do município. Sua administração foi marcada pela reconstrução de Blumenau após as devastadoras catástrofes naturais de 1983 e 1984. 
  
Em 1989 afastou-se temporariamente da gestão pública para atuar na iniciativa privada, retornando ao poder público no segundo mandato de Renato Vianna, em 1994, novamente como secretário de Obras de Blumenau. Três anos depois, em 1997, passou a atuar como Diretor de Obras do Departamento de Estradas e Rodagem de Santa Catarina (DER). 
  
Retornou à iniciativa privada em 1999, quando teve a oportunidade de coordenar uma das mais marcantes revitalizações da área central da cidade de Blumenau: a Rua XV de Novembro. De volta ao serviço público, entre 2002 e 2003, assumiu como presidente da Eletrosul, deixando a função para implantar, estruturar e comandar a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Blumenau. À frente da SDR Blumenau entre 2003 e 2010, Paulo França foi responsável pela gestão de mais de R$ 1,3 bilhão em investimentos para a saúde, educação, infraestrutura, economia, cultura, turismo e esporte de toda região do Médio Vale do Itajaí.
  
Em 2010, foi candidato a Deputado Estadual, ficando como suplente de seu partido. No ano seguinte, em 2011, foi convidado a assumir como secretário Adjunto da Secretaria de Estado da Infraestrutura, onde atuou até 2013. Em 2013, Paulo França retornou a Blumenau, após o convite para contribuir mais uma vez com a Secretaria Municipal de Obras, onde administrou grandes realizações, como a conclusão do Complexo Viário do Badenfurt e início do prolongamento da Rua Humberto de Campos, além da concepção dos corredores estruturais Oeste, Norte e Leste. 
  
Em 2014, assumiu uma cadeira na Assembleia Legislativa catarinense pelo período de cinco meses, retornando, na sequência, para Blumenau, onde permaneceu como secretário Municipal de Obras até 2017. No mesmo ano, foi convidado novamente para assumir a função de secretário Adjunto de Estado da Infraestrutura e no ano seguinte, como secretário de Estado da Infraestrutura e Presidente do DEINFRA. 
  
Em 2019, Paulo França retornou para Blumenau, onde atuou até 2021, como secretário Municipal de Mobilidade Sustentável e Projetos Especiais, coordenando neste período obras históricas para a cidade, como a implantação do corredor estrutural Oeste.
  
Em 2021, ele assumiu a presidência do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), função que deixou para tratamento de saúde. Paulo França faleceu no dia 2 de abril deste ano e deixou a esposa, Denise, as filhas Renata e Manuela e os netos Caio, Vicente, Bruno e Gustavo.
  

O Centro de Eventos
  
O projeto do Centro de Convenções prevê que a estrutura seja construída no terreno em frente ao Parque Vila Germânica, ao lado do Ginásio Galegão e da Secretaria Municipal da Família (Pró-Família), com um investimento total de aproximadamente R$ 38 milhões e previsão de conclusão em 12 meses a partir do início dos trabalhos. Serão 11,5 mil metros quadrados divididos em três pavimentos, entre eles, um salão principal para 1.340 pessoas, além de 98 vagas de estacionamento e 94 no bicicletário.  
  
O equipamento, que é prioridade para o trade turístico, será referência nacional para eventos de pequeno e médio porte, que representam 90% dos eventos do país. Com localização privilegiada terá uma infraestrutura completa, com autonomia dos pavilhões, podendo receber diferentes eventos e atender diversos mercados.



postada em 24/06/2022 09:11 - 388 visualizações



Fotos
  • Foto: Foto: Divulgação Alesc
  • Foto: Foto: Divulgação Alesc