Google+


Atleta de Blumenau disputa na Itália o Mundial de Judô com a Seleção Brasileira
Daniel Bolezina compete pela categoria acima dos 100 kg e por equipes mistas.

A partir desta quarta-feira, dia 6, 13 jovens judocas do Brasil disputam na cidade de Olbia, na Itália, o Campeonato Mundial Júnior (Sub-21).  Entre eles, o atleta da Secretaria Municipal do Esporte (SME) de Blumenau, Daniel Bolezina Lemes da Silva, compete pela categoria acima dos 100 kg e por equipes mistas.     

Em agosto, Daniel Bolezina, de 19 anos, foi campeão pan-americano de judô pela classe júnior, em campeonato disputado em Cali, na Colômbia, resultado que lhe garantiu vaga nos Jogos Pan-Americanos de Santiago 2023. O atleta que ocupa a quarta colocação no ranking mundial, na categoria Sub-21 acima dos 100 kg, vai estrear nas oitavas de final da competição no sábado, dia 9. O adversário sairá do confronto entre Lorenzo Turini da Itália e Priilinn Turk Karl da Estônia.       

O treinador Ademir Schultz Junior aponta que Daniel vem de um grande resultado com o título na Colômbia e desde então treinando cada vez mais forte para este Campeonato Mundial. “A expectativa é muito grande de um excelente desempenho. É a segunda vez que ele é convocado para a Seleção Brasileira, na primeira trouxe o ouro, e agora, na Itália, acreditamos que ele também traga medalha, no individual e por equipe”, diz.   

Essa será a principal competição da Federação Internacional de Judô para as categorias de base desde 2019, ano do último Mundial Júnior. Para o secretário do Esporte, Ricardo Echelmeier, Daniel é mais um daqueles atletas que está correndo atrás de seus sonhos e demonstra uma determinação incrível para realizá-los. “Ele iniciou no judô em São Miguel do Oeste e mudou-se para Blumenau com 15 anos, em busca de melhores condições para o seu desenvolvimento físico e técnico na modalidade, onde encontrou nos técnicos da Família Schultz, o amparo e caminho para a construção de sua trajetória esportiva de sucesso”, completa.    

Echelmeier destaca que o atleta há quatro anos vem aprimorando técnicas e estratégias de luta e vem alcançando excelentes resultados em nível nacional e internacional. “O futuro está abrindo portas para as Olimpíadas, o importante, é nunca desistir do sonho”. O Mundial Júnior contribuirá para o processo de transição dos juniores para o circuito adulto da Federação Internacional de Judô. O campeão ganha 700 pontos no ranking mundial sênior, mesma pontuação de uma etapa de Grand Prix.     

As disputas individuais serão nos dias 6, 7, 8 e 9 de outubro. No dia 10, último dia de competição, todos os judocas voltam ao tatame para a competição por equipes mistas. Os confrontos terão transmissão pelo site da Federação Internacional de Judô.

 



postada em 05/10/2021 16:55 - 168 visualizações



Fotos