Google+


Público lota salas expositivas do MAB na abertura da temporada
Museu recebeu artistas e apaixonados pela arte na primeira noite da mostra que abre o ano.

A abertura da primeira temporada de exposições do Museu de Arte de Blumenau (MAB) - ano 2023, na noite de quinta-feira, dia 9 de março, contou com o prestígio de grande número de visitantes, amigos, artistas, educadores, acadêmicos, alunos, escritores, poetas, músicos e amantes das artes. A gerente do museu, Mia Ávila, destacou que as artistas expositoras receberam homenagens em reconhecimento aos seus percursos, resistências e ações. A abertura teve música e lançamento dos livros Fragmentos Históricos - Vol.1. Colônia Blumenau, de Angelina C.R. Wittmann, A Família do Sr. Lagarto, de Edla Zim, e Ayana, Menina Flor, de Tânia Maria da Silva.

A Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais (SMC) ficou lotada de amantes da arte. “As artistas trabalharam intensa e lindamente para trazer suas produções. Visitar essas exposições, iniciando pela Sala Pedro Dantas onde Arlette Kailagian apresenta "Onde o Rio Encontra o Mar", passando pela Sala Roy Kellermann, que traz a força de trabalho de 14 artistas de renome nacional e internacional (obras do acervo do MAB), seguindo para a Sala Elke Hering, acessando "O Velado e o Revelado", de Cida Sanchez, caminhando para a Galeria Municipal de Arte - encontrando o percurso de mais de 40 anos de Rosina de Franceschi em "Narrativas de Si, de Mim, de Nós", e finalizando na Galeria do Papel, onde Débora Anacleto nos apresenta "Mulheres Cansadas", cansadas sim, mas não paralisadas. Percorrer esse trajeto é entrar em contato com esse universo feminino em seus diversos fragmentos, são muitas, são unas”, relatou Mia Ávila, apresentando parte da cena vivida na noite.

Na abertura do evento, o secretário de Cultura e Relações Institucionais, Sylvio Zimmermann, rendeu homenagens a todas essas mulheres artistas e escritoras e também às demais que contribuem fortemente com a arte, educação e cultura de nossa cidade, muitas delas presentes no evento. Outro destaque da noite foi a oficialização da doação de obra de autoria de Heinrich Graf, óleo sobre tela, datada de 1924, entregue ao museu pelo herdeiro Victor Bona. “Trata-se da obra encomendada pela bisavó materna do doador, senhora Hedwig Lorenz, esposa de Hans Lorenz, fundador da Cia. Lorenz”, lembrou Mia Ávila. “A pintura encomendada foi feita a partir de um postal enviado ao pintor. A obra permaneceu com a avó materna Herta Deeke, filha mais velha do casal, durante décadas, na casa localizada na Rua 7 de Setembro, onde atualmente funciona a Clínica Interblu. A sua única filha, Hedda Deeke (casada com Leandro Victor Bona) permaneceu com a obra, que posteriormente foi  herdada por Victor Bona.”

 

Autor alemão

 

O pintor, desenhista e entalhador H. Graf ou Heinrich von Graf nasceu em Leipzig, na Alemanha em 1859. Estudou com Friedrich Leon Pohleque e foi aluno de Wilhelm Ferdinand Pauwels. Usavam a fotografia para inspiração de suas pinturas ricamente detalhadas.

Foi pintor no estilo acadêmico com temas variados: desde retratos, paisagens, miniaturas, ilustração infantil, humor e temas religiosos. Casou-se em Zwickau com Emmy Eugenie, com quem teve duas filhas. Após a morte da esposa, em 1907, veio sozinho para o Brasil em 1910, estabelecendo-se em São José (SC), onde produziu várias pinturas, pintando ainda em diversos outros lugares como Anitápolis, Blumenau, Brusque e Joinville. Quando uma de suas filhas faleceu após terem vindo para o Brasil, caiu em depressão, tendo permanecido internado entre 1917/1918. Participou de Salões de Arte importantes e foi laureado com medalhas, inclusive que atestam a qualidade de sua produção, que foi rica na região. Faleceu em Niterói, no Rio de Janeiro, em 1934, aos 75 anos em um hospital psiquiátrico.

 

Saiba mais

Abertura da 1ª Temporada de Exposições no MAB

Visitas: até 23 de abril, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h

Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone (47) 3381- 6176

Classificação indicativa de idade: Livre

Entrada gratuita

O que ver:

Sala Roy Kellermann

Linha, Cor, Ação (Acervo do MAB)

       

Galeria Municipal de Arte/Sala Alberto Luz

Narrativas de si, de mim, de nós, um percurso de 40 anos - Rosina de Franceschi

Sala Pedro Dantas

Onde o rio encontra o mar - Arlette Kalaigian

Sala Elke Hering

O velado e o revelado - Cida Sanchez

Galeria do Papel

Mulheres Cansadas - Débora Anacleto


Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello



postada em 10/03/2023 16:25 - 397 visualizações



Fotos
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC
  • Foto: Sérgio Antonello/SMC