Google+


Memória Digital: Celesc - Usina Palmeiras
A captação de energia na Barragem Rio Bonito, em Rio dos Cedros, teve início em 1967.

Até a metade dos anos 1950, as necessidades energéticas em Santa Catarina eram supridas por pequenos e médios sistemas elétricos regionalizados, geralmente mantidos pela iniciativa privada. Ainda na primeira década do século, por exemplo, Florianópolis e Blumenau já dispunham, inclusive, de sistemas de iluminação pública. A capital era abastecida pela Usina Maroim (inaugurada em 1908), e Blumenau pelo Salto Weissbach, datada de 1916. Joinville passou a ser atendida pela Usina Piraí, também em 1908. Em 1913, a Usina São Lourenço entrou em operação, beneficiando o município de Mafra. Na década de 1950, as novas usinas hidrelétricas construídas no estado significaram uma evolução dos pequenos geradores mantidos pelo espírito empreendedor dos imigrantes desde a virada do século, e foram definitivas para a expressão industrial que se modelava no estado.

Entre 1963 e 1967, a Celesc inaugurou cinco usinas hidrelétricas: Garcia (em Angelina), Celso Ramos (Faxinal dos Guedes), Palmeiras (Rio dos Cedros), Pery (Curitibanos) e Governador Ivo Silveira (Campos Novos). Na imagem de janeiro de 1967, vemos o momento da inauguração da Barragem em Rio Bonito, com a presença de autoridades e do governador Ivo Silveira (terno escuro) e sua comitiva.

(Fonte: Fundação Cultural de Blumenau / Arquivo Histórico José Ferreira da Silva /Pasta 1171 foto: 1171, acervo Hans Raun, Identificação imagem: Werner Reimer)



postada em 19/02/2019 14:00 - 123 visualizações



Fotos