Google+


Memória Digital: Casamento em 1964
A tradicional Casa Borba vendia o tecido para o vestido de noiva e o buquê.

O vestido usado por Odília Maria Dellangelo na cerimônia de casamento com Pedro da Silva Ramos, no dia 9 de maio de 1964, foi confeccionado pela Frau Probst, que era uma famosa costureira de Blumenau. O tecido foi comprado na Casa Borba, assim como o buquê. Este estabelecimento comercial era considerado importante na cidade e trabalhava com uma variada linha de tecidos, compreendendo desde retalhos vendidos por atacado a casimiras e aviamentos para alfaiates. A daminha de honra chama-se Terezinha Ardt Machado, irmã adotiva da noiva. Esta imagem foi registrada pelo estúdio “Foto Hugo”. Na época, quando o noivo era mais baixo que a noiva, usava-se a técnica do degrau. Este subia um degrau a mais e, assim, aparentaria ser mais alto. Para esconder o degrau, colocava-se a cauda do vestido da noiva na frente do degrau para camuflar este detalhe.

 

Fonte: Fundação Cultural de Blumenau / Arquivo Histórico José Ferreira da Silva / Acervo iconográfico – família Ramos



postada em 09/08/2018 14:28 - 176 visualizações



Fotos