Google+


Memória Digital: Noite Feliz
Foi por acaso, em 1818, que o padre Joseph Mohr inventou a música que se tornaria o hino desta época.

A música “Noite Feliz” foi inventada por acaso, na Áustria, em 1818, quando o padre Joseph Mohr descobriu, na véspera de Natal, que o órgão da igreja havia sido roído por ratos. E agora? Como comemorar o Natal sem música? Mohr saiu em busca de um instrumento para substituir o órgão. Enquanto procurava, começou a imaginar como teria sido a noite em que Jesus nasceu. Ele escreveu suas ideias em forma de versos e pediu a um amigo, o músico Franz Gruber, para compor uma música simples e fácil. À meia-noite daquele mesmo dia, “Noite Feliz” foi cantada e tocada pela primeira vez. Com o tempo, ela se espalhou pelo mundo, até virar a música símbolo do Natal. Graças ao trabalho de Gruber e Mohr. E os ratinhos...

Noite Feliz

Noite feliz, noite feliz! Ó senhor, deus do amor,

Pobre e humilde nasceu em Belém,

No presépio, Jesus, nosso bem,

Dorme em paz celestial, dorme em paz celestial.

Noite feliz, noite feliz! Ó Jesus, Deus da luz,

Quão afável é o teu coração,

Que vieste nascer nosso irmão,

E a nós todos salvar, e a nós todos salvar.

Noite feliz, noite feliz!

Eis que no ar, vêm cantar,

Aos pastores os anjos do céu,

Anunciando a chegada de Deus,

De Jesus Salvador, de Jesus Salvador!

(Fonte: Fundação Cultural de Blumenau / Arquivo Histórico José Ferreira da Silva / Letra: Joseph Mohr / Música: Franz Gruber)



postada em 07/12/2018 14:30 - 48 visualizações



Fotos