Google+


Memória Digital: 200 anos do Dr. Blumenau
Fundador da colônia envia carta em resposta a Julio Baumgarten.

“(...) O meu empreendimento, uma vez iniciado, e que me orienta como meta da minha vida, (...) dependendo este objetivo, unicamente, das minhas energias e parcas posses econômicas – nestas circunstâncias, meu ilustríssimo senhor, não há de admirar-lhe que eu, a cartas como as suas, transmitindo reconhecimento sincero e confiança verdadeira, chame de pontos luminosos na minha vida. (...) Sou-lhe, meu senhor, portanto da mesma forma grato, por tê-lo para cá encaminhado, como o senhor se manifesta a meu respeito, por empenhar-me em orientá-lo e aconselhá-lo. Que não lhe sobrevenham, porventura, dissabores e dias escuros (...) o que eu não tenho a satisfação de declarar ter demonstrado com a idade que ele tem, tenho a firme esperança de que ele aguente aqui, conquistando uma existência folgada, alegre e independente, sendo que o restante convém confiar Aquele que vela por nós todos.” Esta carta foi escrita por Dr. Blumenau em resposta à correspondência enviada pelo senhor Julio Baumgarten, na qual falava sobre o feito do filho na colônia. (Fonte: Secretaria Municipal de Cultura de Blumenau / Arquivo Histórico José Ferreira da Silva / Blumenau em cadernos, Tomo V, Fevereiro de 1962, p. 34-37)



postada em 28/11/2019 15:40 - 243 visualizações



Fotos