Google+


Exposição "Cooperação" chega ao Museu de Arte
Artista gaúcho Tomas Barth faz uma reflexão sobre os impactos da sociedade na degradação do planeta.

O trabalho desenvolvido pelo artista gaúcho Tomas Barth será atração na Fundação Cultural a partir desta quinta-feira, dia 13, na abertura da 4ª Temporada de Exposições do Museu de Arte de Blumenau (MAB). As salas expositivas começam a ser abertas às 19h, quando ocorre a tradicional conversa com os artistas. O evento festivo terá declamação de poesias, música e lançamento de livro. A entrada é gratuita.

A exposição "Cooperação" parte de uma reflexão de Tomas Barth sobre a sociedade, atenta e em largo desenvolvimento na área da comunicação, mas com um longo caminho a percorrer em relação à preservação do planeta como uma cultura coletiva. Para o artista, a sociedade em geral ainda é muito individualista e pouco cooperativa, apesar de existirem iniciativas que tentam reverter esse quadro.

Com desenhos de formigas sobre folhas de lista telefônica, o artista destaca o potencial de comunicação dos animais e seres humanos, o desenvolvimento da sociedade e o progresso tecnológico. O publico poderá conhecer o trabalho do artista até 21 de outubro, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h. Visitas mediadas podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176.

Artes visuais
Barth nasceu em 1980, em Osório, cidade localizada no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Atualmente trabalha e reside em Porto Alegre. É bacharel em Artes Visuais com ênfase em Desenho pelo Instituo de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Em sua trajetória artística possui seis exposições individuais e 10 coletivas.

4ª Temporada de Exposições no MAB

quinta-feira, 13 de setembro

Horários:
19h: conversa com os artistas expositores
20h: abertura da 4ª Temporada de Exposições do MAB, lançamento do livro, declamação de poema e apresentações musicais
Visitas: até 21 de outubro, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Entrada franca

Exposições:

Sala Especial: Xilogravura: a poética do olhar – 40 anos de trajetória, de André de Miranda
Sala Roy Kellermann: Deambulações, de Jociele Lampert
Sala Elke Hering: Kelly Kreis e José Maria Dias da Cruz
Galeria Municipal de Arte/Sala Alberto Luz: Sobreposição e deslocamento, de Carlos Pileggi, Daniel Antonio, Daré, Élcio Miazaki, Mariana Whately, Sandra Lapage, Santacosta e Thais Stoklos
Galeria do Papel: Cooperação, de Tomas Barth
Mausoléu Dr.Blumenau e Espaço da Memória Cultural de Blumenau: Enigma da Visão - curadoria de Brugnera e Massimo Scaringella – parceria com a Mostra Sul Blumenau

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello



postada em 12/09/2018 14:00 - 139 visualizações



Fotos
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação