Google+


Débora Anacleto chega ao MAB com a exposição 'Mulheres Cansadas'
Os resultados dos trabalhos da artista com influências de animações e livros infantis podem ser vistos no dia 9 de março.

A artista Débora Anacleto é uma das atrações da 1ª Temporada de Exposições do Museu de Arte de Blumenau (MAB), que abre ao público no dia 9 de março. A exposição Mulheres Cansadas estará disponível na Galeria do Papel. A programação começa às 19h e contará com declamação de poema e apresentação musical. As visitas às exposições podem ser feitas até 23 de abril, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h. Visitas mediadas são marcadas pelo telefone 3381-6176.

A curadora da exposição Celaine Refosco diz que "As Mulheres Cansadas” são expressão exemplar da reação de uma mulher ao reconhecer-se mulher e ao dar-se conta das próprias sensações e emoções ao descobrir-se cansada. “A exposição permitirá ao observador entender a aparência gráfica das emoções, reconhecê-las em si mesmo, provocar reflexão sobre as causas de tal cansaço, e quem sabe, buscar entender mais a respeito e encontrar novas posições de equilíbrio na dinâmica da história em andamento, e como a artista, optar por exercitar-se em sua melhor versão: Lutar para ser minha máxima potência".

Débora Anacleto, em consonância com tornar a arte um espaço de busca e experimentação, tem seu fazer artístico pautado na formação como Designer pela Universidade Regional de Blumenau (Furb), bem como na trajetória de aprendizado no desenho em cursos de formação como Design de Moda no IFC. Partindo de estudos voltados à aquarela e até ao realismo, a artista constrói uma expressão própria, tendo desenvolvido seu repertório também a partir da experiência em Criatividade e Linguagem Pessoal do Orbitato.

Desde a juventude, o desenho é ao mesmo tempo escape e expressão, elemento que deu origem ao traço que busca desenvolver até hoje. As influências de animações e livros infantis fazem parte de suas referências visuais, bem como as cerâmicas dos povos sulamericanos. “Dessa forma, a arte surge não como consequência, mas como um lugar para o fazer inconsequente e despropositado, que no fim das contas se faz em si mesmo”, conclui Celaine.

 

Serviço:

 

1ª Temporada de Exposições no MAB

Abertura: quinta-feira, dia 9 de março

Horários:

19h: conversa com os artistas expositores

20h: abertura, lançamento de livros, declamação de poema e apresentação musical

Visitas: até 23 de abril , de terça-feira a domingo, das 10h às 16h

Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176

Classificação indicativa de idade: Livre

Entrada gratuita

 

O que ver:

 

Sala Roy Kellermann

Linha, cor, ação (Acervo do MAB)

        

Galeria Municipal de Arte/Sala Alberto Luz

Narrativas de si, de mim, de nós, um percurso de 40 anos - Rosina de Franceschi

 

Sala Pedro Dantas

Onde o rio encontra o mar - Arlette Kalaigian 

 

Sala Elke Hering

O velado e o revelado - Cida Sanchez

 

Galeria do Papel

Mulheres Cansadas - Débora Anacleto

 

Lançamento de livros:

Fragmentos Históricos - Vol.1. Colônia Blumenau

Atoria: Angelina C.R. Wittmann

 

A Família do Sr. Lagarto

Autoria: Edla Zim

 

Ayana, Menina Flor

Autoria: Tânia Maria da Silva

 

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello



postada em 01/03/2023 17:10 - 1394 visualizações



Fotos