Google+


Comenda Rose Gaertner abre Semana de Blumenau
Premiação anual integra a programação de aniversário da cidade.

A entrega da Comenda do Mérito Cultural Rose Gaertner abrirá a programação da semana do aniversário de Blumenau. A homenagem está marcada para o próximo dia 30 de agosto, às 19h, no Salão Nobre da prefeitura. O evento deste ano integra a programação dos 200 anos de nascimento do Dr. Blumenau. A comenda foi instituída para reconhecer artistas e personalidades que contribuíram e contribuem com a promoção cultural ou defesa do patrimônio artístico da cidade. A premiação é concedida anualmente, integrando a programação de aniversário da cidade.

Serão condecorados neste ano Annemarrie Fouquet Schünke, Briguitte Fouquet Rosenbrock, Curt Hoeltgebaum, Ester Neotti König, Hans Prayon, Hans Dieter Didjurgeit, José Endoença Martins, Jutta Blumenau Niesel e Hans-Joachim Niesel, Lolita Mello, Männerchor Liederkranz, Marget Luz, Rikobert Döring, Rolf e Renate Odebrecht, Rosamélia Laffin, Rubens Braum e Tereza Beduschi Palmas Ribeiro. “Literatura, música, dança, artes visuais, pesquisa, história, memória, mecenato e design são as áreas de atuação onde circulam os homenageados deste ano”, destaca o presidente da Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu), Rodrigo Ramos. “Todos merecem os nossos aplausos. Os homenageados desse ano têm contribuído para a construção cultural de nossa cidade assim como tantos outros já laureados com esta comenda”. 

A concessão da Comenda do Mérito Cultural Rose Gaertner é de competência do prefeito, mediante decreto por indicação da presidência da FCBlu e encaminhada para conhecimento do Conselho Municipal de Política Cultural, para registro no livro ata.

A atriz
A homenagem leva o nome da primeira atriz de teatro na cidade, Rose Gaertner. Nascida em 1842 na Alemanha, Rosálie Julie Auguste Sametzki veio para Blumenau ainda jovem na companhia do pai. Casou-se em 1865 com o cônsul Victor Gaertner - sobrinho do Dr. Blumenau.

Rosálie era uma mulher que reunia amigos, ensaiava e fazia pequenas encenações. Foi a principal presença feminina em cena. Chamada carinhosamente por Rose, seu espírito de coragem e pioneirismo contribuiu fortemente para o desenvolvimento social e cultural da cidade. Apaixonada pelo teatro, foi a primeira a impulsionar as artes cênicas no Vale do Itajaí. Seu sonho foi realizado em 1895 ao ser inaugurada a sede própria da Sociedade Teatral Frohsinn, que mais tarde passaria a se chamar Sociedade Dramático Musical Carlos Gomes.

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello 



postada em 08/08/2019 15:53 - 675 visualizações



Fotos