Google+


Colaboradores da Cultura participam de oficina criativa
Ação interna compartilhou informações sobre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

A Secretaria, Municipal de Cultura e Relações Institucionais (SMC) promoveu nos dias 29 e 30 de setembro uma ação interna com os colaboradores, que de uma forma especial receberam informações sobre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e a importância no contexto global. A programação fez parte das atividades da semana “ODS na Prática” desenvolvida na cidade.

A ação foi realizada em parceria com produtor cultural, ator e artista visual Nelson Júlio, o qual ministrou a Oficina de Confecção de Papel Artesanal. “A atividade proporcionou aos participantes um momento especial com novas aprendizagens e inclusive enfatizando o despertar das ações individuais de responsabilidade socioambientais, que vai diretamente ao encontro de um dos objetivos dos ODS, Meio Ambiente e Sustentabilidade”, revelou a gerente da Biblioteca Municipal Dr. Fritz Müller, Cristina Carvalho, que representa a SMC no movimento global dos países signatários da ONU. “A oficina ensinou de uma forma criativa a produção papéis artesanais com diferentes texturas e cores para serem utilizados em trabalhos artísticos, como desenhos, aquarelas, gravuras, livros, entre outros. Também em produções na área do artesanato como revestimentos e confecções de objetos decorativos, convites, cartas, embalagens e onde mais a criatividade mandar”.

O objetivo da oficina foi despertar a criatividade e promover a vivencia dos participantes com os materiais e a técnica de produzir o papel, utilizando fibras naturais como pétalas de flores, folhas de bambu, bagaço de cana etc. “Além de despertar e reforçar ainda mais que toda ação humana impacta no dia-a-dia seja, em seu entorno, na comunidade, cidade, estado, país e mundo e impacta diretamente nos 17 ODS e suas 169 metas”.

Em 2015, a ONU propôs aos países membros uma nova agenda de desenvolvimento sustentável para os próximos 15 anos, a Agenda 2030. Trata-se de um esforço conjunto de países, empresas, instituições e sociedade civil simpatizante dessa linha de pensamento. De acordo com o proponente, iniciativas globais “buscam assegurar os direitos humanos, acabar com a pobreza, lutar contra a desigualdade e a injustiça, entre outros aspectos. Para esse grupo, o setor privado tem papel essencial nesse processo como grande detentor do poder econômico, propulsor de inovações e tecnologias, sendo influenciador dos mais variados públicos - governos, fornecedores, colaboradores e consumidores.

 

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello 



postada em 30/09/2022 17:32 - 211 visualizações



Fotos
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC
  • Foto: Divulgação/SMC