Google+


Ordem de serviço para obras na Escola Básica Municipal Profª Zulma Souza da Silva é assinada
A escola será contemplada com a construção de uma quadra coberta com vestiário

Foto: Michele Lamin

Nesta sexta-feira, dia 3, o prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, a vice-prefeita, Maria Regina de Souza Soar e o secretário municipal de educação, Alexandre Matias, assinaram a ordem de serviço para iniciar as obras na Escola Básica Municipal Profª Zulma Souza da Silva. Além dessa, mais cinco ordens de serviço para obras em instituições foram assassinadas nos últimos dias.

As obras consistem na construção de quadra coberta com vestiário, pavimentação interna em piso intertravado e a também na reforma da quadra já existente. O investimento é de R$ 2.383.694,91 proveniente de recursos próprios da prefeitura. A área beneficiada pela construção da nova quadra é de 812,76 m² já a área da quadra que será reformada é de 640,00 m².

“A escola Zulma tem um papel muito importante nesta comunidade e atende um número significativo de estudantes. A melhoria constante é necessária para a qualidade da educação no nosso município, a construção desta nova quadra coberta com vestiário vai proporcionar mais qualidade no ensino das nossas crianças”, destaca Alexandre Matias, Secretário de Educação.

A empresa responsável é a Empreiteira KJ. Após o recebimento da ordem de serviço, a empresa tem o prazo de cinco dias para começar os serviços e 300 dias para a conclusão da obra. A instituição de ensino fica localizada na Rua Florânia, n°464, no bairro Velha Central e atende 700 estudantes do 1° ao 9° ano.

“A escola Zulma tem história no bairro Velha e um papel importante no fortalecimento da educação nesta comunidade e atende um grande número de alunos dessa região. São mais de R$ 2 milhões investidos em melhorias na escola e que beneficiarão mais de 700 alunos atendidos diariamente na unidade”, destaca

Pacote de investimentos
A Prefeitura de Blumenau anunciou recentemente uma série de investimentos na educação de Blumenau. Aproximadamente R$ 150 milhões serão investidos em obras, compra de equipamentos e mobiliário. Além de aplicação em projetos e programas como por exemplo o Programa de Musicalização Instrumental Bandas e Fanfarras.



postada em 03/03/2023 20:33 - 899 visualizações



Fotos
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin
  • Foto: Michele Lamin