Google+


Mais de 2.300 pessoas beneficiadas com atividades do CEP
Além dos cursos, a instituição oferece palestras que incentivam o empreendedorismo no município.

O Centro de Ensino Profissionalizante (CEP), vinculado a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Empreendedorismo (Sedec), certificou até agora mais de 2.300 pessoas, incluindo neste montante as palestras realizadas na instituição. O número representa o sucesso dos trabalhos desenvolvidos e direcionados ao incentivo e fortalecimento do empreendedorismo no município no período de 2014 a 2018. Somente nos dois últimos anos, foram contemplados 1.026 pessoas com a realização de palestras.

O CEP, que foi incorporado em 2013 ao Programa Municipal de Qualificação e Requalificação Profissional de Trabalhadores, tem como proposta o aprendizado de conhecimentos que permitam capacitar, aperfeiçoar e atualizar as pessoas para entrar ou reingressar no mercado de trabalho. Para isso, oferta cursos como Artesanato, Pintura em Tecido e Crochê, além das oficinas que atuam em conjunto com datas comemorativas, como Páscoa e Dia das Mães, por exemplo, e palestras.

Para o responsável pela Sedec, Móris, Kohl, o CEP é uma ramificações da secretaria e que desenvolve atividades que vão além do empreendedorismo. “Além destas ações, trabalhamos também o intraempreendedorismo e o empreendedorismo social. Nosso foco é fortalecer as ações de fomentação e de incentivo ao empreendedorismo e ao intraempreendedor, ou seja, aquele que pode empreender dentro da própria organização”, diz. “Essa é uma das frentes de batalha do CEP e também uma das nossas prioridades enquanto governo”.

Assessor de Comunicação: Joni César



postada em 04/09/2019 13:57 - 329 visualizações