Google+


Prefeitura envia projeto de lei para doação de imóvel para sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer
Anúncio foi feito pelo prefeito Mário Hildebrandt na noite deste sábado, dia 23, durante jantar de 50 anos da entidade

A Prefeitura de Blumenau enviará, nesta semana, o projeto de lei que autoriza a doação de imóveis para a Rede Feminina de Combate ao Câncer. O anúncio foi feito neste sábado, dia 23, pelo prefeito Mário Hildebrandt e pela vice-prefeita Maria Regina de Souza Soar, durante o jantar de 50 anos da entidade. O objetivo é enviar o projeto de lei para a Câmara de Vereadores ainda nesta segunda-feira, dia 25, e que ele seja aprovado ainda esta semana.

Os imóveis a serem doados são os mesmos onde a entidade atende desde o início deste ano. O projeto de lei contempla a doação das salas 101 a 108, a sala 204, as lojas 1 e 2 e cinco vagas de estacionamentos localizadas na Rua Prefeito Frederico Busch Jr, 255, no Garcia, no Centro Médico Louis Pasteur.

O prefeito de Blumenau falou sobre a importância do trabalho, especialmente das voluntárias. “Superar desafios é uma marca de Blumenau e a nova sede da Rede Feminina é mais um capítulo superado na nossa história. Um local seguro, amplo, do jeito que a equipe precisava e do jeito que as mulheres atendidas pela Rede merecem”, destacou.

Maria Regina também esteve no evento deste sábado e fez questão de valorizar o trabalho da entidade. “Essa doação é uma forma de agradecer tudo o que a entidade fez pela saúde das mulheres ao longo dos anos. Cada atendimento da Rede representa muito mais do que um exame, significa mais saúde e qualidade de vida para as atendidas. O trabalho que a entidade desenvolve é impecável e estou imensamente feliz em poder contribuir com essa Rede, que tanto admiro”, afirmou.

A entidade, que completa 50 anos neste domingo, dia 24, atendia desde 1993 na Rua Itajaí, mas o imóvel foi interditado em setembro de 2022 por conta de um deslizamento de terra. Desde janeiro deste ano, a entidade mudou-se para o primeiro andar do Centro Médico Louis Pasteur e lá segue atendendo. A instituição é referência no atendimento a mulheres que sofrem com câncer de mama e de colo de útero. Atualmente, são 130 voluntárias que trabalham na busca pela saúde e valorização da mulher.



postada em 24/09/2023 10:21 - 590 visualizações



Fotos