Google+


Boletim Coronavírus Blumenau – 10/3/2021
Saiba mais em www.blumenau.sc.gov.br/coronavirus.

Blumenau registra 348 óbitos por Coronavírus

Blumenau registra mais um óbito, somando agora 348 mortes por Coronavírus no município. Nesta quarta-feira, dia 10, foi confirmada a morte de uma mulher de 78 anos, com comorbidades, que estava internada desde o dia 26 de fevereiro.

Blumenau confirmou ainda nesta quarta-feira, 10 de março, um total de 44.139 casos confirmados de Coronavírus (Covid-19), 300 a mais do que registrado na última terça-feira, dia 9, quando o município contabilizava 43.839 casos da doença. Dos casos novos diagnosticados, 52 foram por meio do RT-PCR, 10 por testes rápidos, 231 de antígeno e 7 sorológico. O teste de antígeno para Covid-19 é rápido e capaz de detectar a proteína do nucleocapsídeo viral do SARS-CoV-2.

Ao todo, a Prefeitura de Blumenau já fez 146.104 testes para Covid-19. Somente nesta quarta-feira, dia 10 de março, foram processados 897 exames. Entre os casos positivos, 1.833 pacientes estão em tratamento. Destes, 1.723 encontram-se com estado de saúde estável, em isolamento domiciliar e sendo monitorados pela Secretaria de Promoção da Saúde.

Dos casos em análise e confirmados de Blumenau e região, 165 pacientes encontram-se hospitalizados, sendo 64 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 101 em enfermaria. Destes na UTI, 48 pacientes são de Blumenau (43 confirmados e 5 em análise) e 16 pacientes da região (15 confirmados e um em análise) e a taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade é de 97%. Já em enfermaria são 80 pacientes de Blumenau (67 confirmados e 13 em análise) e 21 da região (20 confirmados e um em análise), com taxa de ocupação de 57,1%. Além disso, os hospitais da cidade prestaram 385 atendimentos, com 65 deles decorrentes de síndromes gripais.

O município contabiliza também 41.958 casos de pessoas que já passaram pelo período de isolamento e não apresentaram novos sintomas, considerados como recuperados.

A Prefeitura de Blumenau destaca a importância de manter o isolamento social, nos casos em que as pessoas podem ficar em casa. O poder público também reforça as medidas de segurança, que incluem o uso de máscara sempre que sair de casa e a higienização frequente das mãos, com água e sabão ou álcool em gel.

 

Prefeitura de Blumenau encaminha Projeto de Lei pedindo autorização para aquisição de vacinas contra Covid-19

No mesmo dia em que o Governo Federal sancionou a lei que permite a compra de doses de vacina contra a Covid-19 por Municípios, Estados e empresas, o Prefeito Mário Hildebrandt assinou o Projeto de Lei de autoria do executivo que prevê a participação da cidade no Consórcio Nacional de Vacinas Brasileiras. O documento será encaminhado à Câmara pelo vereador líder de governo, Marcelo Lanzarin, para apreciação em plenário.

O dever legal pela imunização dos cidadãos é do Governo Federal, mas desde o ano de 2020 a Prefeitura de Blumenau tem se organizado financeiramente para a compra dos imunizantes. “Há urgência na vacinação da população e por isso a Prefeitura de Blumenau tem se organizado para a compra das doses, assim que possível. Evitar mortes, bem como restabelecer a rotina econômica de todos os setores da cidade é nosso maior desejo e sabemos que a vacina tem parte fundamental nesse processo. O que estiver ao alcance do município para a compra dos imunizantes será feita e esperamos esse entendimento também da Câmara de Vereadores, com a aprovação desse projeto”, destaca o Prefeito Mário.

Compra de Vacinas

Desde janeiro, quando os imunizantes foram aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Prefeitura de Blumenau participa de discussões sobre a aquisição da vacina. Com a autorização, no final do mês de fevereiro, do Supremo Tribunal Federal (STF) para que estados, municípios e o Distrito Federal possam importar e distribuir os imunizantes o município confirmou sua decisão de compra. A adesão a um consórcio para aquisição conjunta foi entendida como a opção que permite, além da segurança jurídica, uma maior possibilidade na negociação de valores e prazos para entrega.

Depois de avaliar outras propostas, o município optou pelo Consórcio Nacional por entender que o modelo é o que melhor se adéqua às suas demandas. Os recursos já estão reservados no orçamento previsto para este ano. Cabe ressaltar que a aquisição das doses segue os mesmos preceitos de todas as compras efetivadas pelo poder público, priorizando a transparência, legalidade e economia aos cofres públicos.

 

Prefeito de Blumenau reforça necessidade de integração no combate ao Coronavírus

Nesta quarta-feira, 10, o prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, participou de uma reunião coordenada pelo Governo do Estado para discutir o cenário da pandemia nos municípios catarinenses. O encontro, que aconteceu de forma remota, contou com a participação do governador Carlos Moisés e do secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, além de deputados e dos prefeitos das maiores cidades de Santa Catarina.

Entre os pedidos apresentados pelos prefeitos, a ampliação no atendimento de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e a celeridade na vacinação contra a Covid-19. O Prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, também destacou a necessidade de que a implementação de medidas restritivas aconteça de forma estadualizada ou regionalizada, garantindo a efetividade na aplicação. Segundo o Prefeito, sem essa unificação, o controle à pandemia fica inviável.

Hildebrandt também ressaltou o desafio para a ativação dos leitos de UTI conhecidos como leitos de guerra. “Os hospitais têm a estrutura física e os equipamentos, mas a grande demanda é por profissionais”, detalhou.

Ao todo, a cidade tem capacidade para operar 94 leitos de UTI, com 66 leitos em operação e 28 leitos de guerra em estruturação. O secretário de estado da Saúde, André Motta Ribeiro, destacou a organização e parceria de Blumenau no combate à pandemia, enfatizando que a contratação de profissionais é um desafio enfrentado por todas as cidades catarinenses é que o Estado segue buscando reduzir a ocupação de leitos de UTI.

 

Blumenau aplicou nesta quarta-feira 25 vacinas entre 1ª e 2ª doses

Nesta quarta-feira, dia 10 março, foram aplicadas 16 vacinas da primeira dose, somando 13.952 até o momento. No mesmo dia foram aplicadas 9 vacinas da segunda dose, totalizando 7.307. O município segue as determinações da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, do Ministério da Saúde (MS) e as deliberações da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) do Governo do Estado. Com a chegada de novas remessas de imunizante a prefeitura vai divulgando em seus canais oficiais (site e redes sociais) os grupos prioritários que podem se vacinar conforme o Plano Municipal de Imunização.

 

Central de Monitoramento

A Central de Monitoramento possui uma linha de atendimento para receber ligações da população, de segunda a sexta, das 8h às 17h, por meio do telefone 3381-6587. Neste número é possível esclarecer dúvidas sobre o monitoramento e outros procedimentos envolvendo cuidados e afastamento decorrentes da Covid-19 em Blumenau. As dúvidas sobre os resultados dos exames podem ser sanadas pelo telefone 3381-7200, durante a semana, das 8h às 17h.

 

Alô Saúde Blumenau oferece atendimento virtual

A comunidade pode contar com atendimento virtual, sem sair de casa, por meio do Alô Saúde Blumenau, em dois canais de comunicação. Pelo telefone 156, opção 2 ou no canal de Whatsapp, no telefone (48) 4042-0330. As pessoas que precisarem de atendimento psicológico, contam com serviço virtual oferecido por psicólogos da Semus. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h – por meio do link https://med.lectorlive.com/semus.

 

Atendimento Rápido Covid-19 nos bairros e Ambulatório da Vila Germânica fazem 533 testes

O Ambulatório Referência para Casos Suspeitos de Coronavírus localizado no Setor 3 do Parque Vila Germânica continua com atendimento todos os dias da semana, agora com atendimento estendido até meia-noite, aos sábados e domingos, das 7h às 19h.

Durante a semana, o Atendimento Rápido Covid-19 anexo ao Hospital Universitário da Furb, AG Velha, AG Itoupava e no AG Garcia, possui horário estendido, de segunda a sexta-feira, das 7h às 24h. Nos sábados e domingos, com exceção do HU da Furb, estes locais atendem das 7h às 19h. No Atendimento Rápido Covid-19 anexo ao AG Escola Agrícola, o atendimento ocorre em horário habitual, somente de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h.

Nas unidades de Estratégia Saúde da Família (ESF), os profissionais da Semus estão trabalhando para atender situações relacionadas a outras patologias, que não estejam ligadas à Covid-19. O objetivo é dar segurança aos pacientes e garantir o atendimento àqueles que necessitam. Somente nesta quarta-feira, dia 10 de março, as unidades fizeram 759 atendimentos e 533 coletas para exames RT-PCR e Antígeno.

 

 



postada em 10/03/2021 19:31 - 2691 visualizações



Fotos