Google+


Secretaria da Família promove ação em alusão ao Setembro Amarelo em parceria com profissionais voluntários
O evento será promovido com conversas com os alunos da instituição para desmistificar tabus existentes na sociedade.

Na próxima terça e quarta-feira, dias 21 e 22, será realizada na Secretaria da Família (Pró-família), a campanha “É hora de estimular a saúde mental!” em alusão ao Setembro Amarelo. A ação, que contará com a presença do psicólogo Jonathan Krueger, além do meditador e mentor do Bem-estar Franklin Fischer e Rafaela Waltrich, empreendedora do “Amor ao Tempo”, visa uma conversa coletiva com os alunos da Pró-família. Jonathan e Franklin são idealizadores da Campanha Janeiro Branco em Blumenau ‘Quem cuida da Mente, cuida da Vida”.

O Setembro Amarelo é um movimento para conscientização contra a depressão e o suicídio. Por isso, o evento tem como objetivo informar, tranquilizar e abrir caminho para conversar sobre esses assuntos, desmistificando alguns tabus na sociedade atual. A Prefeitura reforça que a ação será realizada de acordo com as normas estabelecidas pelo Governo do Estado, com uso de máscaras, distanciamento social, incluindo o uso de álcool em gel em todos os ambientes.

De acordo com dados da OMS, nove entre dez casos poderiam ser prevenidos com o conhecimento dos fatores de risco e atenção dos profissionais de saúde. Por isso, além da conversa, os alunos serão contemplados com meditação e orientações sobre a importância do tempo na vida das pessoas.

O secretário da Pró-família, Júlio César Pereira, ressalta que “muitos alunos tiveram sua rotina totalmente modificada em função da pandemia e a falta de interação social, que é tão importante nessa fase da vida, pode de fato trazer ou atenuar processos psicológicos.”.

Para a secretaria, essas mudanças, como falta de atividade e convivência social, contribuem para o desenvolvimento de uma série de problemas mentais, como ansiedade, estresse, síndrome do pânico e depressão, algumas inclusive resultando no suicídio. Quadros como esses servem de alerta para os familiares redobrarem os cuidados com os idosos neste período, não somente em relação ao estado físico, mas também com o mental.

De acordo com Jonathan Krueger, “é importante que os familiares fiquem atentos ao primeiro sinal de tristeza, desânimo, falta de energia, pensamentos negativos, falta de esperança e mudanças no comportamento. E, identificado qualquer indício, deve-se observar a freqüência e a intensidade desses episódios e se eles se repetem em curto período. Com isso, é necessário procurar o apoio de um profissional médico para que ele possa diagnosticar possíveis transtornos mentais e oferecer o tratamento adequado”.

“Queremos destacar a importância de cuidar da saúde mental com um dos nossos públicos que é a terceira idade, pois sabemos que é um assunto de grande importância, e esse tema tem que ser lembrado não somente em setembro, mas sim em todos os outros meses. Queremos reforçar o papel da pasta, que é promover qualidade de vida para o bem-estar físico e mental e cidadania dos nossos alunos”, diz Júlio César Pereira.

Assessor de Comunicação: Joni César



postada em 16/09/2021 09:40 - 392 visualizações