Google+


Parceria com Hospital de Massaranduba viabiliza cirurgias eletivas
Desde julho, 98 pessoas passaram por cirurgias eletivas sem ônus financeiro ao município.

Uma parceria firmada entre a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus), e o Hospital Municipal João Schreiber, em Massaranduba, tem possibilitado a realização de cirurgias eletivas para a comunidade no município vizinho, contribuindo para a redução da demanda por alguns tipos de intervenção. Desde julho deste ano, 98 pessoas tiveram acesso a procedimentos cirúrgicos na unidade. Outros 13 pacientes estão com cirurgias garantidas e agendadas até o fim do mês de janeiro.

O acordo entre as partes estabelece que o Hospital fica responsável pela consulta pré e pós-operatória e a realização do procedimento, enquanto cabe ao município a oferta dos exames pré-operatórios e o transporte dos pacientes. No local são oferecidas intervenções de baixa e média complexidade na especialidade de cirurgia geral, como herniorrafias (correção de defeito na musculatura que permite o aparecimento da hérnia abdominal), colecistectomia (retirada da vesícula biliar) e remoção de lipomas (tumor benigno constituído por células de gordura).

Segundo a secretária de Promoção da Saúde, Maria Regina Soar, a pasta vem adotando medidas e avaliando possibilidades para superar os desafios e as consequências decorrentes da crise econômica no Brasil. “Temos nos dedicado a encontrar soluções para elevar a nossa capacidade de atendimento e otimizar os recursos que são aplicados pela Prefeitura em saúde. Essa parceria não traz ônus financeiro para o município e tem sido muito importante para reduzir a fila de espera por alguns tipos de procedimento. Em um período de seis meses, conseguiremos atender 111 pacientes, um acréscimo considerável em tempos de crise e crescimento da demanda”, destaca.

Adolfo Bonelli, de 63 anos, foi um dos pacientes de Blumenau que realizaram cirurgia no Hospital de Massaranduba. No dia 12 de setembro, ele se submeteu a uma herniorrafia. “No início do ano, fui ao postinho de saúde e constataram a necessidade da cirurgia. A previsão inicial é que seria atendido somente em 2018, mas teve essa possibilidade de realizar o procedimento em Massaranduba e fiz a cirurgia antes do esperado. Passei por uma consulta com um médico do Hospital e na semana seguinte já fiz a cirurgia. Fui muito bem atendido”, detalha o morador do bairro Fortaleza, que atualmente está completamente recuperado.

Maria Regina explica que não há um prazo estipulado dentro do acordo firmado. “Esperamos que essa parceria prossiga enquanto tivermos pacientes em fila de espera, que necessitem de atendimento nas cirurgias que são oferecidas no Hospital de Massaranduba”.

 

Assessor de comunicação: Felipe Elias



postada em 22/12/2017 16:42 - 548 visualizações