Google+


Formação sobre atendimentos em casos de violência reúne 225 pessoas
Público foi composto por profissionais de saúde, assistência social, educação e segurança.

Foto: Marcelo Martins

Os encontros da formação sobre “Trabalho em Rede na Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência”, realizados nas últimas duas quartas-feiras, dias 4 e 11, reuniram 225 pessoas, entre profissionais de saúde, assistência social, educação e segurança pública. A iniciativa ocorreu na Escola Técnica do SUS (Etsus) e foi organizada pelo Comitê Permanente da Rede de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência de Blumenau, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Nas duas ocasiões, o público teve acesso a orientações sobre os fluxos e as normas de atendimento da rede intersetorial de serviços que oferece assistência para as pessoas em situação de violência. As apresentações foram divididas em três eixos: segurança e justiça, prevenção e proteção, e saúde.

Segundo a coordenadora da Rede de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência de Blumenau, Simone Rodrigues, nos próximos meses serão promovidos seis encontros regionalizados com as unidades e os serviços que fazem o acolhimento inicial de pessoas vítimas de violência. O objetivo é padronizar procedimentos, aperfeiçoar as práticas e integrar os atendimentos.

O Comitê Permanente da Rede de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Violência de Blumenau reúne integrantes de diversos órgãos e instituições, como as Secretarias Municipais de Promoção da Saúde, Desenvolvimento Social e Educação; as Polícias Civil e Militar; o Ministério Público; os Conselhos Tutelares; Bombeiros; Samu; entre outros.

 

Assessor de comunicação: Felipe Elias



postada em 11/04/2018 17:16 - 91 visualizações



Fotos
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins