Google+

Evento alusivo ao Dia Mundial de Saúde Mental reúne cerca de 100 pessoas
Para celebrar a data, diversas atividades foram realizadas para integrar a comunidade.

Para celebrar o Dia Mundial de Saúde Mental, a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus), realizou, nesta terça-feira, dia 10, uma série de atividades no ginásio da Fundação Pró-Família, na Velha. O evento reuniu cerca de 100 pessoas e teve como objetivo integrar os usuários dos serviços de saúde mental do município e a comunidade.

Logo cedo, a programação começou com um café da manhã, que foi seguido pela apresentação do grupo Cantos e Encantos. A ocasião contou ainda com atividades de lazer, como bocha e jogo de cartas, exibição de Tai Chi Chuan e o “The Voice CAPS”, uma dinâmica inspirada no reality show musical, na qual os participantes tiveram a oportunidade de cantar para os jurados e o público presente.

De acordo com o gerente de Saúde Mental da Semus, Jorge Fernando de Moraes, o evento alcançou o seu objetivo. “Foi muito especial. Este dia, que é considerado o Dia D da Saúde Mental, foi partilhado por usuários dos serviços, familiares, profissionais e a comunidade em geral. Gostaria de agradecer a equipe da Fundação Pró-Família, na pessoa da presidente Cristiane Loureiro, que cedeu gentilmente o espaço”.

Cine-debate de Saúde Mental
A programação alusiva ao Dia Mundial de Saúde Mental seguirá nesta quarta-feira, dia 11. Na ocasião, a Semus organizará um cine-debate para abordar aspectos relacionados à saúde mental. O evento ocorrerá das 9h às 11h, na Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu), situada na Rua 15 de Novembro, 161, no Centro. O encontro será aberto para a comunidade, sem necessidade de inscrição prévia.

Serviços de Saúde Mental
A Prefeitura de Blumenau mantém, atualmente, o Serviço de Avaliação em Saúde Mental e três Centros de Atenção Psicossocial (Caps), serviços especializados de referência em saúde mental. As unidades realizam o atendimento de pessoas portadoras de transtorno mental crônico e severo, bem como usuários de substâncias psicoativas que possuam limitações na realização de atividades da vida diária, prejuízo na capacidade laborativa e nas relações interpessoais, causando intenso sofrimento psíquico no indivíduo.

 

Assessor de comunicação: Felipe Elias 



postada em 10/10/2017 15:17 - 340 visualizações



Fotos
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins
  • Foto: Marcelo Martins