Google+

Semudes convoca usuários do Benefício de Prestação Continuada
Beneficiários devem estar inscritos no cadastro único.

Foto: Fernanda Carvalho/ Fotos Publicas

A Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Semudes), convoca os usuários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para inscrição no Cadastro Único (CadÚnico). O BPC é um programa do governo federal voltado a idosos e pessoas com deficiência. A inscrição no CadÚnico é requisito para a continuidade do benefício e novas concessões.

Para realizar o procedimento, basta ir até o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo da sua residência. Os endereços dos sete Cras de Blumenau estão disponíveis no site. Até o final de 2017, devem ser incluídos os beneficiários idosos e, em 2018, as pessoas com deficiência.

CadÚnico
O CadÚnico serve para que as famílias de baixa renda possam acessar serviços, programas e benefícios sociais da Política de Assistência Social. O responsável pela unidade familiar deve procurar o Cras que atende o bairro e inserir o beneficiário do BPC no Cadastro Único. O sistema irá solicitar informações pertinentes a todas as pessoas que residem no mesmo domicílio. O responsável pela família deve ter idade mínima de 16 anos.

É necessário apresentar os seguintes documentos:
- Responsável Familiar - CPF ou título de eleitor;
- Demais membros da família - todos devem apresentar o CPF, além dos demais documentos como: carteira de identidade, título de eleitor (se houver), certidão de casamento ou nascimento e carteira de trabalho (se houver).

No caso de responsável por unidade familiar indígena ou quilombola, pode ser apresentado qualquer documento de identificação previsto na listagem acima, incluindo o Registro Administrativo de Nascimento de Indígena (RANI).

Benefício de Prestação Continuada
O BPC é um benefício que assegura o pagamento de um salário mínimo mensal a idosos a partir dos 65 anos de idade ou pessoas com deficiência. A renda mensal familiar per capita deve ser inferior a um quarto do salário mínimo vigente.

 

Assessor de Comunicação: Filipe Rosenbrock



postada em 08/11/2017 14:42 - 260 visualizações



Fotos
  • Foto: Fernanda Carvalho/ Fotos Publicas